Aluno da EEEM de Colinas conquista medalha de Ouro na 1ª Olimpíada Nacional de Eficiência Energética

Pedro Henrique Gomes Nilson foi um dos quatro melhores estudantes entre cerca de 40 mil inscritos


0
Pedro Henrique Gomes Nilson conquistou a medalha de Ouro na 1ª Olimpíada Nacional de Eficiência Energética (Foto: Caroline Silva)

O estudante do 9º ano da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) de Colinas, Pedro Henrique Gomes Nilson tem motivos de sobra para comemorar. Não só ele como a comunidade escolar e região. O garoto foi medalha de Ouro na 1ª Olimpíada Nacional de Eficiência Energética (ONEE), destinada a alunos e professores do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental, de escolas públicas e privadas. Nessa primeira edição, o projeto-piloto aconteceu nos estados do Rio Grande do Sul, Bahia, do Ceará, e Espírito Santo.


OUÇA A REPORTAGEM

 


Diretora da escola, Ângela Bittencourt, Pedro Henrique Gomes Nilson e mãe do menino, Jéssica Cristine Gomes (Foto: Caroline Silva)

A competição que contou com desafios propostos e questões da prova teórica relacionadas a conscientização sobre o uso eficiente de energia, recebeu cerca de 40 mil inscrições. A professora de matemática da instituição, Simoní Schmögel, apresentou a iniciativa ao estudante, que foi um dos quatro melhores, e o destaque dentre os vencedores. Como premiação, Pedro recebeu da ONEE um notebook na tarde desta segunda-feira (18).

O menino fala com empolgação sobre a conquista e conta que um dos desafios foi gerir a energia de uma casa e de uma cidade. “É você conseguir com menos recursos aproveitar bem a energia e fazer com que ela renda, organizar uma cidade sendo o gestor de energia dela, e tendo um aproveitamento, e quanto mais aproveitamento eu tinha, mais pontos ganhava”, explica.

A vitória do garoto que sonha em seguir carreira militar, também é motivo de orgulho para a diretora da escola, Ângela Bittencourt. A professora diz que a conquista de Pedro mostra aos demais alunos que tudo se consegue. “É um orgulho termos um aluno dedicado e contarmos com a persistência e empenho dele. Penso que seja um exemplo extraordinário e vem a agregar, demonstrar a todos que quando se quer, tudo se consegue. Temos vários colegas aqui com outras habilidades e isso serve para que eles tenham noção do quanto eles podem contribuir com a sociedade num futuro bem próximo”, destaca.

Quem também fala com orgulho é a mãe do menino, Jéssica Cristine Gomes. Feliz pela medalha, ela também agradece a premiação da olimpíada, visto que o filho ainda não tinha um computador. “O prêmio vai agregar muito, pois atualmente ele trabalha como jovem aprendiz e todas as manhãs ele precisa do notebook para o trabalho, e até então a avó e o avô emprestavam para ele”, comenta.

A iniciativa foi idealizada no âmbito do Programa de Eficiência Energética da ANEEL com as distribuidoras de Coelba (BA), Enel Ceará, RGE Sul (RS) e EDP (ES). Pedro diz ser grato à equipe da olimpíada e fala que sua vitória pode incentivar mais jovens. “Quero agradecer a Aneel, RGE Sul, minha família, a escola, e deixar um recado aos jovens que tudo se consegue com persistência e foco”, ressalta.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui