Alzheimer é o tipo de demência mais comum no mundo, segundo psiquiatra Rafael Moreno

Profissional considera que novo medicamento vendido nos Estados Unidos permitirá prevenir a progressão da doença


0
Rafael Moreno (Foto: Eduarda Lima)

O alzheimer é o tipo de demência mais comum no mundo, conforme citado pelo psiquiatra Rafael Moreno no quadro Direto ao Ponto desta segunda-feira (8).

De acordo com ele, a doença acontece a partir dos 60 anos e costuma iniciar lentamente, com a perda de memórias a curto prazo. Depois de um tempo, as pessoas começam a perder autonomia para atividades como ir ao banco ou fazer compras no supermercado. O alzheimer se intensifica na última fase, momento em que acontece a perda de memória sobre a própria identidade e família, além das dificuldades para deglutir e caminhar.

O momento mais crítico da doença costuma surgir depois de oito anos. “O grande problema é esse, a gente não tem um tratamento ainda muito específico, forte para parar a progressão da doença”, pontua Moreno.

O cenário pode mudar com o donanemab, medicamento que poderá retardar os efeitos do alzheimer em pacientes no estágio inicial. O psiquiatra afirma que se os efeitos se comprovarem “vai ser um grande achado, porque ele [medicamento] vai prevenir bastante a progressão da doença”.

Ainda segundo Moreno, levar um estilo de vida saudável, com uma alimentação rica em nutrientes, a prática de exercícios físicos e estudos frequentes é uma forma de evitar a manifestação do alzheimer.

Texto: Eduarda Lima
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui