Amturvales inicia Diagnóstico Turístico Regional

Trabalho tem por finalidade diagnosticar as potencialidades turísticas do Vale do Taquari.


1
Foto: Amturvales

A Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales) inicia um diagnóstico Turístico Regional. A atividade consiste no levantamento, identificação, atualização e registro dos atrativos turísticos, serviços, equipamentos e da infraestrutura de apoio ao turismo.

“O aumento de turistas na Região requer um planejamento eficaz, para maximizar os seus efeitos positivos. Com este trabalho queremos realizar um levantamento da infraestrutura e dos atrativos de cada município, para que possamos embasar as ações de planejamento, gestão, promoção e incentivo à comercialização do turismo”, explica o presidente da Amturvales, Rafael Fontana.

Viaduto 13. (Foto: Divulgação)

Sob a coordenação de três profissionais do turismo, a atividade será aplicada em todos os municípios do Vale do Taquari. Para isso, a região foi organizada em três grandes áreas. Os municípios de Itapuca, Arvorezinha, Ilópolis, Guaporé, Anta Gorda, Dois Lajeados, Vespasiano Corrêa, Putinga, Doutor Ricardo, Relvado, Coqueiro Baixo, Nova Bréscia, Encantado, Muçum e Roca Sales receberão a visita da turismóloga Lizeli Bergamaschi.

Roteiro Delícias da Colônia. (Foto: Divulgação)

A gestora em turismo, Elisabete Lenhard, irá para Pouso Novo, Travesseiro, Capitão, Arroio do Meio, Colinas, Imigrante, Westfália, Teutônia, Poço das Antas, Estrela, Fazenda Vilanova, Paverama, Bom Retiro do Sul, Tabaí e Taquari. Já o G8, estará a cargo da turismóloga, Diuly Mähler. Ela irá para Progresso, Boqueirão do Leão, Marques de Souza, Forquetinha, Sério, Canudos do Vale, Santa Clara do Sul e Cruzeiro do Sul. O município de Lajeado, por ser o maior do Vale, estará com Lizeli e Elisabete.

Fontana ainda esclarece que além de conversar com os responsáveis pelo turismo em cada município, haverá visitas nas agências de viagens; registro dos guias de turismo; das locadoras de veículos; transportadoras turísticas; pontos de táxi; locais para eventos; registro dos principais eventos das cidades; meios de hospedagem; alimentação; Campings,

Parque de Exposições em Forquetinha. (Foto: Divulgação)

Balneários e Parques; artesanato e atrativos locais para visitação, agroindústrias, entre outros empreendedores do turismo.

Após as visitas será produzido um relatório de cada município. As informações serão disponibilizadas nas páginas oficiais da Amturvales. Este levantamento é fundamental para atualizar as estratégias e ações a serem implementadas na região, nos municípios e em cada roteiro existente. RG / Ascom Amturvales


Ouça a entrevista


1 comentário

  1. Referente ao turismo na região dos vales: O nosso potencial para turismo é bastante diversificado, podendo ser utilizado as belezas naturais e o gastronômico, porém a nossa maior dificuldade, creio eu, que seja o material humano, visto que o forte do turismo se dá nos fins de semana ou feriados, na folga da maioria das pessoas, assim teríamos que ter mão de obra disponível para trabalhar nesses dias, oque pelo custo inviabilizaria a maior parte das atrações, e se é para ser tocado somente pelos proprietários, nem todos tem família grande (quando necessário), e tendo pouca diversificação (por falta de condições de muitos abrirem nos fins de semana e feriados), já diminui a atração pela região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui