Amvat mostra preocupação com pacientes de fora internados em leitos do Vale do Taquari

“Se eles fossem contabilizados para a região, com certeza nós estaríamos na bandeira vermelha”, afirma o presidente da associação de municípios do Vale.


1
Celso Kaplan conversa sobre Covid-19 com demais prefeitos do Vale

A Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) está preocupada com os índices de internações nas UTIs da região de pacientes de fora do Vale. O prefeito de Imigrante e presidente da associação, Celso Kaplan, ressalta que os prefeitos já preparam defesa caso a região seja rebaixada para a bandeira vermelha de classificação de risco para coronavírus.

De acordo com ele, se consideradas apenas as internações de moradores do Vale, a região mostra estabilidade de contágio para Covid-19, o que manteria a região na bandeira laranja. A nova rodada do modelo de Distanciamento Controlado será divulgada pelo governo do RS nesta sexta-feira (10).

“Nós temos cerca de 15 pacientes de outros municípios nas nossas UTIs e, se eles fossem contabilizados para a região, com certeza nós estaríamos na bandeira vermelha”, projeta o presidente da Amvat. “Não poderemos aceitar para contabilizar nos nossos dados”, afirma, sobre os índices avaliados para a imposição de restrições de circulação de pessoas e fechamento de atividades econômicas.

Os dados são analisados por um comitê do estado. Atualmente, cada paciente é creditado para a sua região de origem, mesmo que seja internado em um leito de outra macrorregião de saúde. As bandeiras são divulgadas nas sextas-feiras e, se a região é rebaixada na classificação de risco, entra em vigor naquela área terça-feira da semana seguinte.

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui