Amvat pede colaboração da população para conter casos de Covid-19

Para o presidente da entidade, Celso Kaplan, é hora de cada um fazer a sua parte.


0
Foto: Plural Comunicação Integrada

A Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) manifesta sua preocupação com o aumento dos casos de Coronavírus no Estado e também na região do Vale do Taquari. Conforme o presidente da entidade e prefeito de Imigrante, Celso Kaplan, é preciso que a população permaneça seguindo os protocolos de prevenção à doença.

Conforme Kaplan, o momento é de alerta. “Conversei, nesta quarta-feira (18), com o Comitê de Cogestão do Vale do Taquari e estamos apreensivos com aumento significativo de casos em toda região. Precisamos melhorar prevenção. Sem o uso de máscara, álcool gel e não fazendo o distanciamento, podemos ter um agravamento da pandemia e uma segunda onda da doença”.

Para o presidente da Amvat, se não houver um engajamento da população, o Vale do Taquari poderá voltar à bandeira vermelha rapidamente. “Pedimos a compreensão de todos. É hora de cada um fazer a sua parte para que não seja preciso interromper serviços novamente. As pessoas precisam continuar trabalhando, mas com todos os cuidados possíveis”, observa Kaplan.

Na última terça-feira (17.11), o Estado tinha 971 pessoas internadas em leitos clínicos com diagnóstico confirmado de Covid-19. No dia 2 de novembro, eram 659 pessoas nesses leitos. Ou seja, em 15 dias, houve um aumento de 47,3%. Além disso, há as pessoas que são contaminadas, mas têm manifestações menos graves da doença, não necessitando de internação hospitalar.

De acordo com a 28ª rodada do Distanciamento Controlado do Estado, desde ontem (17), sete regiões estão em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto) e 14 em bandeira laranja (risco epidemiológico médio). As bandeiras da 28ª semana são válidas até as 23h59 de segunda-feira (23). AI

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui