Aneel propõe aumento superior a 50% nas bandeiras tarifárias de energia elétrica

Custo de 100 kilowatt-hora passará de R$ 9,49 para R$ 14,20 até abril


0
Lâmpadas incandescentes devem ser retiradas do mercado brasileiro até 2016 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs nesta terça-feira, 12, aumentos superiores a 50% nos valores das bandeiras tarifárias amarela e vermelha 1.

A taxa adicional é cobrada nas contas de luz quando a geração de energia elétrica está mais cara no País, principalmente por causa da falta de chuvas e o acionamento de usinas térmicas. Os novos valores devem valer para 2022 e 2023.

A proposta, no entanto, ainda pode sofrer alterações durante a consulta pública. As contribuições sobre o tema poderão ser enviadas entre 14 de abril e 4 de maio.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui