Anistia Internacional e União Europeia condenam violência na Venezuela


0
Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

O ciclo de violência e repressão na Venezuela ameaça a vida da população, alertaram nesta quinta-feira (20) a Anistia Internacional e a União Europeia depois da morte de dois manifestantes e um militar na mobilização de quarta-feira contra o governo de Nicolás Maduro.

A organização assinalou em um comunicado divulgado em Buenos Aires que “a onda de violência e de repressão durante as manifestações na Venezuela está mergulhando o país em uma crise de difícil volta atrás e que ameaça a vida e a segurança da população”.

A União Europeia, por sua vez, condenou os atos de violência registrados na Venezuela e pediu uma “desescalada” no país.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui