Anvisa autoriza Fiocruz a produzir vacina de Oxford com matéria-prima brasileira

A produção vai ser destinada ao Sistema Único de Saúde (SUS)


0
Foto: Agência Brasil / Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira (30) a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) a utilizar Insumo Farmacêutico Biológico (IFA) brasileiro na produção de lotes pilotos, em escala comercial, da vacina contra a Covid-19 da Universidade de Oxford/AstraZeneca.

A autorização é um desdobramento da parceria firmada entre a AstraZeneca, dona da tecnologia, e o Instituto Bio-Manguinhos.

A produção vai ser destinada ao Sistema Único de Saúde (SUS). Após a realização dos testes, a Fiocruz vai pedir o registro ou uma autorização de uso emergencial da vacina.

Fonte: Estadão

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui