Anvisa cria comitê técnico de emergência para a varíola dos macacos

O objetivo é acelerar o desenvolvimento de pesquisas clínicas e a autorização de medicamentos e vacinas


0
Foto: Agência Brasil / Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou, na quarta-feira (27), a criação do Comitê Técnico da Emergência Monkeypox. Segundo a agência reguladora, a atuação do grupo “permitirá ações coordenadas e céleres para salvaguardar a saúde pública”. A Anvisa afirmou que o objetivo é acelerar o desenvolvimento de pesquisas clínicas e a autorização de medicamentos e vacinas contra a varíola dos macacos.

O foco do grupo será a atuação colaborativa das “áreas técnicas de pesquisa clínica, registro, boas práticas de fabricação e farmacovigilância, bem como das terapias avançadas, inclusive com os profissionais de saúde e a comunidade científica”. De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 1 mil casos da doença já foram confirmados no Brasil.

Sintomas

Os principais sintomas da varíola dos macacos são: febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios inchados, calafrios e exaustão. Dentro de um a três dias após o aparecimento da febre, o paciente desenvolve uma erupção cutânea, geralmente começando no rosto e se espalhando para outras partes do corpo.

O uso de máscaras, o distanciamento e a higienização das mãos são formas de evitar o contágio pela varíola dos macacos. Essas medidas também evitam a infecção pela Covid-19.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui