Anvisa pede informações sobre Prevent Senior a vigilâncias sanitárias de SP

Além da CPI, a operadora de saúde é investigada pelo Ministério Público de São Paulo, pela Polícia Civil do estado, pela ANS e pelo Cremesp


0
Foto: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) enviou nesta quarta-feira (29) ofícios às vigilâncias do município e do estado de São Paulo, solicitando informações sobre a atuação da operadora de saúde Prevent Senior.

Nos documentos, a Agência pede que, em 48 horas, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e o Centro de Vigilância Sanitária (CVS) do estado informem as medidas que estão sendo tomadas “para cumprimento da legislação sanitária vigente”. Um dossiê entregue à CPI da Pandemia acusa a Prevent Senior de fazer testes com cloroquina no tratamento da covid-19.

A operadora de saúde teria ocultado informações de pacientes. Médicos que trabalham ou trabalharam na empresa reuniram uma série de irregularidades e encaminharam ao senador Humberto Costa (PT-PE), integrante da CPI.

Entre as denúncias está a prescrição indiscriminada de cloroquina, azitromicina e ivermectina, o chamado “kit covid”, para pacientes associados, até mesmo para quem não tinha sintomas da doença. Há também a elaboração de um estudo que supostamente demonstra a eficácia dos medicamentos.

Fonte: CNN

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui