Aparelhos sanitizantes que serão instalados nas escolas de Estrela reduzem 99% dos sintomas de doenças respiratórias

Para proporcionar mais segurança, os 280 aparelhos serão distribuídos nas 21 escolas do município.


0

Visando proporcionar um ambiente seguro para o retorno às aulas na rede municipal de educação, serão instalados aparelhos geradores de ozônio em todas as salas de aula e outros espaços comuns das 21 escolas municipais em Estrela. Conforme a secretária municipal de Educação, Elisângela Mendes, a instalação dos aparelhos é um acordo com a empresa estrelense Medical San. Ao todo serão instalados 280 equipamentos.


OUÇA A ENTREVISTA 


Secretária municipal de Educação, Elisângela Mendes (Foto: Jonas de Siqueira)
Secretária municipal de Educação, Elisângela Mendes (Foto: Jonas de Siqueira)

Os aparelhos da linha Ozonyx são capazes de eliminar vírus, bactérias e fungos do ar, tornando espaços fechados mas higienizados, salubres e seguros, o que corrobora na investida contra a pandemia.  A secretária esclarece que o aparelho sanitizante não emite nenhuma forma de vapor. “Pelos estudos realizados, ele diminui em 99% as questões de contaminação, como fungos e bactérias”, afirma. O equipamento possui dois modos de operação, um específico para sanitização de ambientes, outro para desintoxicação pesada.

Na visão da titular da pasta, o equipamento veio para ficar e contribuir com a saúde e higienização das escolas. “ É uma inovação, que o município de Estrela está fazendo, que vem para agregar a todos os protocolos já estabelecidos e dar segurança para as pessoas que convivem no ambiente escolar”, declara.

O aparelho tem garantia de cinco anos e não tem prazo de validade. Elisângela revela que, cada aparelho custou R $2.302,00, o que representa um investimento de R$ 644 mil para aquisição dos equipamentos. “É um recurso do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), específico da pasta educação, e não poderia ser usado para outra finalidade”, ressalta a titular da pasta. Na visão da secretária, o aparelho representa também uma economia de mão de obra e irá proporcionar um ambiente mais seguro.

Volta às aulas presenciais

A secretaria da Educação vem cumprindo todos os protocolos de segurança definidos pelo Governo do Estado. “Estamos organizando esse retorno avalizado pelas esferas que possuem essa competência”, afirma.

Os alunos terão aulas respeitando o distanciamento social e medidas de higiene em meio à pandemia de coronavírus. Com encontros todos os dias, com as turmas divididas em duas. As famílias que não se sentirem seguras para enviar seus filhos podem optar pelo modelo de ensino híbrido, com atendimento remoto.

Texto: Jonas de Siqueira
web@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui