Após 31 anos, Virgínia Rempel se despede da diretoria do Lar da Menina

Durante a semana, homenagens dos colaboradores e meninas atendidas foram feitas no centro de atendimento


0
Foto: Divulgação

Nesta semana, a emoção tomou conta dos colaboradores e crianças do Centro Nora Oderich de Atendimento à Menina da Sociedade Lajeadense de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Slan) com a despedida da diretora Virgínia Rempel, após mais de 31 anos dedicados à entidade. O centro de atendimento é chamado carinhosamente no município como “Lar da Menina” e completou 43 anos em 2021. Virgínia se despede da Slan com intuito de se aposentar e descansar. Durante a semana, homenagens dos colaboradores e meninas atendidas foram feitas no centro de atendimento.

A ex-diretora Virgínia conta que só tem a agradecer a Prefeitura Municipal de Lajeado pela cedência à Slan. “Agradeço pelos aprendizados, certamente não seria a mesma profissional se não fosse por esse tempo que convivi no Lar da Menina”. Virgínia agradece às famílias, aos amigos e parceiros por estarem sempre presentes. “Fica meu sentimento de missão cumprida e muita gratidão”.

O presidente da Slan, Renato Specht, em nome de toda equipe expressa a gratidão pelo trabalho da Virgínia e pela pessoa que ela é. “Missão cumprida, Virgínia ensinou muito além dos conteúdos do currículo, soube despertar a admiração como coordenadora do Lar da Menina, sendo uma verdadeira servidora, uma mestra, desempenhando com sabedoria e carisma sua missão. Nossa gratidão e apreço”, diz.

A coordenadora administrativa da Slan, Sandra Pretto, relembra quando a Virgínia iniciou no Lar, em abril de 1990 com cedência da Prefeitura para trabalhar inicialmente como professora. “Em 1994 assumiu a direção do Lar por mais de 27 anos. Cargo que desempenhou muito bem, sempre com amor e dedicação para as meninas e famílias”, diz Sandra ao salientar que foram muitos desafios pelo caminho, mas ela nunca desistiu e com sabedoria cumpriu sua missão. “Tantas vidas foram transformadas com um simples conselho, sorriso, olhar especial e acolhida, deixando um lindo exemplo a ser seguido, com certeza sentiremos muito falta dela”.

Sucessora natural apaixonada pelo Lar

A partir de agora, a auxiliar de direção que estava com Virgínia há três anos no Lar da Menina é a nova diretora do centro de atendimento. Luana Kolzer, destaca que esta semana a ex-diretora emocionou todos com sua despedida, por ter escrito uma trajetória de empenho e dedicação. “A saída da Virgínia nos deixa com um misto de sentimentos. A tristeza de não termos a convivência diária e a alegria de saber que sua missão foi plenamente cumprida. Como ela mesma diz, alguns ciclos precisam ser fechados para iniciar outros”. Luana sente uma imensa gratidão pela convivência dos últimos anos. “Ela é especial e aprendi muito com ela. Espero dar continuidade ao seu trabalho, com o mesmo apreço e dedicação que ela sempre teve”, conta.

Virgínia confia na caminhada da jovem Luana de 28 anos e deseja que continue priorizando o bem-estar das meninas para que sejam sempre cuidadas e educadas pelo caminho do bem, valorizando a educação para a vida, com bons exemplos, valores e princípios. “Para que as meninas estejam bem precisam de uma equipe forte e que todos sejam valorizados como profissionais. Certamente Luana realizará um bom trabalho. Desejo sucesso e realizações”. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui