Após a morte de Maradona, presidente da Argentina decreta luto oficial de três dias

“Você nos levou ao ponto mais alto do mundo. Nos fez imensamente felizes", escreveu o presidente nas redes sociais.


0
Alberto Fernández,e Maradona (Foto: Reprodução / Twitter)

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, decretou luto oficial de três dias no país, a partir desta quarta-feira (25), após a morte de Diego Maradona. O ex-craque morreu depois de sofrer uma parada cardíaca na sua residência em Tigre. Por ocasião da morte de Diego Armando Maradona, o presidente da Nação vai decretar três dias de luto nacional a partir da data”, afirma um breve comunicado divulgado pelo governo.

O presidente da Argentina também publicou uma mensagem nas redes sociais sobre o falecimento do ex-craque, com uma foto em que os dois se abraçam. “Você nos levou ao ponto mais alto do mundo. Nos fez imensamente felizes. Foi o maior de todos. Obrigado por ter existido, Diego. Vamos sentir a sua falta por toda a vida”, escreveu Fernández.

O chefe de Estado é torcedor do Argentino Juniors, clube pelo qual Maradona deu seus primeiros passos no futebol. Em entrevista a uma rádio local, Fernández relembrou que teve um encontro com o craque em fevereiro. “Eu sempre tirei o melhor dele, o genuíno, o original. O que ele não gostava, te dizia. O que gostava, também”, afirmou. “Sentimos que éramos os mais poderosos do mundo com o Diego. Uma perda horrível”, acrescentou o presidente da Argentina.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui