Após deixar droga cair da bolsa na delegacia, mulher confessa homicídio e participação em roubo

Durante a fuga, criminosos teriam se desentendido e a suspeita assassinou seu comparsa com três disparos de arma de fogo.


0
Imagem ilustrativa (Foto: Pixabay)

Uma mulher de 34 anos confessou diversos crimes depois de procurar a Delegacia de Polícia de Venâncio Aires. Na última quarta-feira (9), ela foi até o órgão policial do município para relatar um caso de furto, em que teria sido vítima. No entanto, durante o registro, a suspeita deixou uma porção de maconha cair de sua bolsa.

Ao ser questionada, disse ser traficante e revelou que se tratava de uma encomenda. Em seguida, ela prestou depoimento para o delegado Vinícius Lourenço de Assunção e confessou ser autora de um homicídio e ter participação em um roubo a mão armada.

Ambos os crimes aconteceram no dia 22 de dezembro de 2019 em Venâncio Aires. Na ocasião, a mulher e um homem teriam roubado a bolsa, a carteira e um veículo Gol das vítimas. Durante a fuga em direção a Candelária, ambos os criminosos teriam se desentendido e a suspeita assassinou seu comparsa com três disparos de arma de fogo.

As informações do homicídio já foram compartilhadas com a Delegacia de Polícia de Candelária, que está encarregada da investigação. As penas, somadas, ultrapassam 20 anos de prisão. AD/Portal Arauto

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui