A Alaf foi derrotada para a ACBF de Carlos Barbosa no último sábado (11), no Complexo Esportivo da Univates, pelo placar de 4 a 1. Com o resultado o time lajeadense chegou ao seu 8º jogo sem vitória na Liga Gaúcha de Futsal, fora da zona de classificação da competição, com 14 pontos, em 9º na tabela.

Após o confronto, o técnico Edmílson Bella analisou o duelo e considerou uma boa apresentação do time lajeadense, apesar do revés. O técnico acha que os adversários da Alaf de fato não são os times que jogam a Liga Nacional, e sim, os de menor expressão, que podem fazer frente em confrontos equilibrados.

A Alaf esteve bem durante boa parte do confronto, jogando dentro de sua proposta, de se defender e encaixar os “contra-golpes”. Chegou ao seu gol assim, com Biel abrindo o marcador.


ouça a coletiva de bella


Quando precisou de fôlego para aguentar o ímpeto ofensivo da ACBF, careceu de um grupo maior, tal qual o time de Carlos Barbosa, que tem um dos maiores investimentos do futsal brasileiro, sem comparações em termos financeiros com o time lajeadense.

Em meio a isso, Bella revelou algumas insatisfações com alguns jogadores que não tiveram seus nomes revelados, mas que segundo ele, não estão encarando o projeto da forma que deveria ser encarado, com problemas extra quadra, que acarretam diretamente no desempenho dentro das quatro linhas.

O comandante revelou que torcedores o segredaram estes problemas e citou até o “3º turno”, como se diz na linguagem do mundo da bola, para explicitar o descomprometimento dos profissionais. Atitudes, segundo Bella, serão tomadas durante a semana para que estes problemas sejam corrigidos, através de conversas ao pé do ouvido com os atletas que estão prejudicando a Alaf.

O próximo compromisso do time lajeadense será contra a Assoeva, em Venâncio Aires, no próximo sábado (18), às 20h15.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui