Após idosa não aparecer para tomar vacina, enfermeiros descobrem corpo que pode ter ficado em casa por 12 anos na Escócia

Christina Malley tinha mais de 80 anos e a causa de sua morte não é conhecida por enquanto. Vizinhos que moram em frente à residência há quase uma década dizem que nunca a viram ou ouviram falar dela; marido está sendo investigado


0
Foto: Divulgação

Uma idosa que pode ter passado mais de 12 anos morta dentro de sua própria casa teve seu corpo descoberto apenas depois que enfermeiros decidiram fazer uma visita, porque ela não apareceu para tomar a primeira dose de uma vacina contra Covid-19, em Aberdeen, na Escócia.

Christina Malley tinha mais de 80 anos e a causa de sua morte não é conhecida por enquanto. O marido, que também mora no local, costumava dizer que ela tinha saído do país quando alguém perguntava por sua esposa, e é alvo de uma investigação.

Vizinhos que vivem há quase uma década em frente a residência, porém, dizem que nem sabiam que ele era casado, porque jamais viram ou ouviram falar de Christina. Aparentemente, não há sinal de que alguém a tenha visto depois de 2009.

A polícia escocesa não divulgou mais detalhes sobre a investigação, segundo o jornal escocês “Evening Express”. A casa foi cercada por tapumes enquanto o trabalho continua.

Segundo um comunicado oficial, a polícia foi chamada no dia 25 de fevereiro, por enfermeiros que visitaram uma casa em Allison Close, Aberdeen, para verificar o estado de saúde de uma idosa que não compareceu para tomar a vacina contra Covid-19. Eles teriam encontrado os restos mortais de uma mulher, posteriormente identificada como Christina.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui