Após manter-se discreto, Obama estreará em campanha de Biden à Casa Branca

Chefe da campanha de Biden alerta que a disputa deve ser muito mais apertada nos 17 estados vistos como cruciais do que o indicado nas pesquisas.


0
Imagem de arquivo mostra o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, durante fala em vídeo na Convenção Nacional do partido Democrata de 2020 (Foto: Convenção Nacional do partido Democrata de 2020/Pool via Reuters)

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama fará sua primeira aparição em um evento de campanha do candidato democrata à Presidência dos EUA, Joe Biden, que está numa disputa acirrada com o presidente republicano Donald Trump em Estados cruciais, nesta quarta-feira (21), a 13 dias da eleição de 3 de novembro.

Obama, que presidiu o país durante oito anos tendo Biden como vice, fará um apelo para que simpatizantes votem antecipadamente em Biden e em outros candidatos democratas na eleição geral durante um comício a céu aberto na Filadélfia, a maior cidade da Pensilvânia, um dos Estados cruciais na eleição presidencial norte-americana.

Trump, por sua vez, fará campanha na Carolina do Norte, outro Estado-chave na disputa onde as pesquisas apontam para uma disputa apertada. Ele fará um comício nesta noite.

A rara aparição pública de Obama, alvo frequente dos ataques de Trump e ainda uma das principais estrelas do Partido Democrata quatro anos após deixar a Casa Branca, vem em um momento crítico.

Biden e Trump se encontrarão no segundo debate entre ambos na noite de quinta-feira (22), o que dará ao republicano uma chance de mudar o curso da disputa, que tem o democrata na liderança das pesquisas nacionais.

A chefe da campanha de Biden, Jen O’Malley Dillon, alertou os funcionários da campanha e simpatizantes que espera uma disputa muito mais apertada nos 17 estados vistos como cruciais na eleição do que o indicado nas pesquisas nacionais, que apontam para liderança consistente de Biden.

“Como o presidente Obama disse, este é um momento de todos colocarem mãos à obra, e ele espera participar pessoalmente, com distanciamento social, já que estamos somente a duas semanas da eleição mais importante de nossas vidas”, disse um assessor de Obama que não quis ter o nome revelado.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui