Após negativa do ministério, SP desiste de usar todo o estoque da CoronaVac na aplicação da 1ª dose

Governo de SP pediu ao Ministério da Saúde garantia de que receberia mais vacinas caso usasse todo o estoque, e pasta não concordou.


0
Foto: Coronavac / Divulgação

O governo de São Paulo abandonou a intenção de usar todo o estoque de CoronaVac disponível no estado na aplicação a primeira dose da vacina contra a Covid-19, sem reservar metade do lote para a segunda dose.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (29), em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. Segundo o secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, o estado de São Paulo pediu ao Ministério da Saúde garantia de que receberia mais vacinas caso usasse todo o estoque de CoronaVac, mas a pasta não concordou.

Por isso, o estado vai reservar a segunda metade do lote para as novas doses, a serem aplicadas em quem já foi vacinado – essa etapa da campanha vai começar em 14 de fevereiro.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui