Após sucesso do Cristo de Encantado, Anta Gorda busca viabilizar monumento de Nossa Senhora de Lourdes

A ideia é que o monumento seja edificado no Morro do Girotto, em um trajeto que liga o município a Itapuca.


0
Esboço do projeto de Anta Gorda (Arte: Divulgação)

O sucesso da empreitada de Encantado com o seu Cristo Redentor, que ainda não foi inaugurado mas já traz reflexos positivos ao turismo regional, é visto com bons olhos por prefeitos do Vale do Taquari em matéria de turismo religioso. O prefeito de Anta Gorda, Xico Frighetto (PSL), retomou uma ideia de 2019 para a construção de uma estátua de Nossa Senhora de Lourdes. A ideia é que o monumento seja edificado no Morro do Girotto, em um trajeto que liga o município a Itapuca.


ouça a entrevista

 


“É um projeto de longa data”, destaca Frighetto, ao contar que ideia já havia sido apresentada em um documento de 2019, encaminhado ao deputado federal Nereu Crispim em busca de uma emenda parlamentar para tirar a iniciativa do papel.

Foto: Reprodução do documento

A concepção ainda está em fase inicial. Segundo o prefeito de Anta Gorda, a ideia é que a estátua fique em local que recebe tradicionalmente a Via Sacra e conta com a maior gruta em basalto da América Latina, que há 87 anos recebe os romeiros.

“A religião católica é a mais tradicional na nossa religião e mantém o seu calendário de eventos. Entre as datas destacam-se a Sexta-feira Santa e a Via Sacra no Morro do Girotto”, explica, sobre o objetivo de fomentar o turismo religioso.

O antigo projeto ganhou um novo gás após conversas com o prefeito de Encantado, Jonas Calvi, que incentivou seus colegas da região em projetos turísticos.

“Se o Cristo Protetor está em Encantado, a mãe dele está em Anta Gorda”. A frase foi dita por Xico Frighetto em uma reunião com Calvi. “A frase pegou, caiu como uma luva”, destaca o prefeito de Anta Gorda, sobre o trocadilho, a brincadeira que fez.

Xico Frighetto

A imagem da estátua ainda está sendo desenhada. Os promotores do projeto também buscam a liberação de licenciamento ambiental e a melhor área para a construção.

Frighetto diz que “o nosso objetivo é fazer com que ela cresça, que seja alta”. O tamanho final, porém, ainda não está definido, e não há uma data para a entrega do monumento.

Segundo o prefeito, é um projeto da iniciativa privada, e a administração municipal atua no projeto de pavimentação.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui