Após tragédia em Saudades, escolas municipais de Lajeado recebem orientação da segurança pública

O controle de acesso e a criação de um protocolo de acionamento em casos de urgência e emergência foram algumas das orientações repassadas aos diretores


0
Foto: Divulgação

Diretores das Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis), Ensino Fundamental (Emefs) e dos Projetos Vida da rede municipal de Lajeado participaram de reunião, nesta segunda-feira (10), com agentes da segurança pública. O objetivo foi orientar os gestores para que redobrem os cuidados com a segurança após o atentado em uma escola de educação infantil em Santa Catarina, que resultou na morte de três crianças e duas professoras.

O encontro ocorreu no auditório da Secretaria da Educação (SED). Participaram o tenente-coronel Douglas da Rosa Soares, responsável pelo Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari (CRPO-VT), comandante do 22º Batalhão de Polícia Militar (BPM), major Marcelo de Abreu Fernandes, capitã e coordenadora do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) do Vale do Taquari, Carmine Brescovit, e o inspetor da Polícia Civil Juliano Höehr Clavé, além de secretários municipais.

Conforme o comandante Soares, assim que a tragédia aconteceu em Santa Catarina, a Brigada Militar buscou aproximar os policiais das escolas. O controle de acesso à escola e a criação de um protocolo de acionamento em casos de urgência e emergência foram algumas das orientações repassadas aos diretores pelo oficial. O protocolo teria como finalidade distribuir funções para cada servidor da escola em casos de evento atípico, tornando um possível socorro mais ágil e preciso.

Durante a conversa, a capitã Carmine e o inspetor Clavé também anunciaram o retorno do Proerd da Brigada Militar e do “Papo de Responsa” e os “Núcleos de Polícias Comunitárias”, da Polícia Civil. Nas próximas semanas, as secretarias de Educação e Segurança Pública se reunirão para elaborar um protocolo geral de acionamento em casos de urgência e emergência para as escolas. AI/LF

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui