Apreensão de celular de Bolsonaro “poderá ter consequências imprevisíveis”, diz Heleno

No documento, o general disse que o pedido é "inconcebível" e uma "afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e interferência inadmissível de outro poder".


0
Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil / CP

O ministro chefe do gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Augusto Heleno, disse, em nota publicada nesta sexta-feira (22), que a apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro pode trazer “consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

No documento, o general disse que o pedido é “inconcebível” e uma “afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e interferência inadmissível de outro poder”.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui