Apreensão de entorpecentes cresce nas prisões do RS durante pandemia

De março a maio, o aumento é de 41% em relação ao mesmo período do ano passado.


0
Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

As apreensões de drogas nas casas prisionais do Estado têm crescido durante a pandemia do coronavírus.

De março a maio, o aumento é de 41% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Secretaria da Administração Penitenciária (Seapen). Uma das primeiras medidas adotadas para tentar conter o avanço da Covid-19 nas cadeias foi a suspensão de visitas.

Na soma de março, abril e maio, foram encontrados 64,6 quilos de drogas. A maconha está no topo dos narcóticos mais localizados nas cadeias gaúchas: 83% do total, com 53,8 quilos apreendidos. Na sequência vem a cocaína, com 7,3 quilos, e crack, com 3,5 quilos. MS/GaúchaZH

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui