Prefeitura de Lajeado fará orçamento para construção do novo prédio da Escola Carlos Fett Filho

Município recebeu liberação por parte do Governo do Estado nesta segunda-feira (16) e deve entregar o orçamento até julho para encaminhamento da licitação


1
Foto: Natalia Ribeiro / Arquivo Grupo Independente

A Prefeitura de Lajeado, através do vereador e engenheiro do poder público municipal, Isidoro Fornari Neto, conseguiu uma autorização para avançar no projeto para construção do novo prédio da Escola Estadual de Ensino Fundamental Carlos Fett Filho, localizada na localidade da Cohab, no Bairro Moinhos, em Lajeado. No local, devido a estrutura precária do prédio, os alunos precisam usar o CTG Raízes do Sul, que fica ao lado, para ir ao banheiro, além de utilizarem a cozinha, refeitório e uma sala de aula no prédio vizinho.


OUÇA A REPORTAGEM 


 

Reunião ocorreu nesta segunda-feira (16), em Porto Alegre (Foto: Divulgação)

Segundo Fornari, após em reunião na manhã desta segunda-feira (16), em Porto Alegre, com membros da secretaria de Obras do Governo do Estado, o município conseguiu a liberação para fazer o orçamento do projeto, o que conforme o vereador, através de informações que recebeu da 3ª Coordenadoria Regional de Educação, era o que estava trancando o andamento do processo. “A coordenadoria da 3ª CRE, em Estrela, disse que o projeto estava concluído e atrasado, não estando andando em questão dos orçamentos, então conversei com o prefeito Marcelo, para possibilidade de os técnicos da Prefeitura de Lajeado assumirem essa parte, o prefeito disso que poderia evoluir, e agendamos a conversa”, relata.

Vereador e engenheiro da Prefeitura de Lajeado, Isidoro Fornari Neto (Foto: Gabriela Hautrive)

Fornari ainda informou que o novo prédio terá cerca de 1 mil metros², e não há previsão de orçamento até o momento, o que se tem, são os prazos para entrega do orçamento, que deverá ser feito até 15 de julho, para que então se dê início ao processo de licitação. “A montagem desse licitação até 15 de julho, e montando os processos até lá, temos condições de fazer o processo licitatório, então para nós é muito interessante essa informação, essa parceria que está se montando ai, e certamente atendendo uma demanda que vem de muitos anos”, pondera o vereador.

Recentemente um grupo de moradores, ex-alunos e professores realizaram protestos e pediram melhores condições estruturais para os alunos que frequentam a escola. 

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui