Argentina segue caminhos opostos ao Brasil no combate ao coronavírus

Enquanto o Brasil bateu o recorde do número de mortes pela Covid-19, 600 nas últimas 24 horas, a Argentina está em lockdown e com apenas 3% das mortes do Brasil.


0
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Enquanto o Brasil bateu o recorde do número de mortes pela Covid-19, 600 nas últimas 24 horas, a Argentina está em lockdown e com apenas 3% das mortes do Brasil. Por lá, a temporada do futebol já foi encerrada e só vai voltar em Setembro, medida que influenciará todo o futebol sul-americano.

Brasil tem 116.713 casos confirmados; no RS são 2050 casos e no Vale, 14 novos nesta quarta

O Brasil nesta quarta-feira (6), 7.987 mortes provocadas pela Covid-19 e 116.713 casos confirmados da doença em todo o país. Até a atualização mais recente, o Rio Grande do Sul registra 2050 casos de coronavírus, com 87 óbitos. No Vale do Taquari são 14 novos casos nesta quarta-feira (6), com 10 óbitos publicados no Boletim Oficial da Secretaria Estadual da Saúde. Os municípios que registraram novos casos nesta quarta na região são Lajeado com oito; Encantado, três; e Colinas, Estrela e Taquari, com um caso cada um. Fonte: G1

Governo do Estado lança preparatório para o Enem com exibição diária na TVE

De forma inédita no Rio Grande do Sul, o governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc) e da Secretaria de Comunicação (Secom), lança, dia 18 de maio, aulas preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Pré-Enem Seduc RS). Serão veiculadas diariamente pela TVE, de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h15, totalizando 20 aulas semanais e 344 horas de preparação para todos os componentes curriculares. Os alunos ainda terão acesso às aulas pelo Portal da Educação e poderão conversar com os professores via chat.

Alunos do ensino médio voltam às aulas no epicentro da pandemia na China

Os estudantes do último ano das escolas do ensino médio de Wuhan, cidade na China onde surgiu a epidemia de Covid-19, retornaram nesta quarta-feira (6) às aulas. Várias medidas de proteção foram adotadas como o uso de máscaras, detectores de temperatura e a manutenção do distanciamento. As mesas individuais estão distantes um metro umas das outras. As aulas presenciais foram suspensas em janeiro, com a determinação da quarentena na cidade e na sua província, Hubei, na região central da China. Desde então, como no restante do país, os estudantes tinham aulas online. Ainda não foi anunciada a data de retorno das aulas para as demais séries do ensino médio, assim como para os alunos do ensino fundamental e básico. Fonte: G1

Farmácia básica e secretaria de agricultura de Forquetinha não terão atendimento nesta quinta e sexta

Nesta quinta-feira (7) e sexta-feira (8) não haverá atendimento na farmácia básica em Forquetinha para distribuição de remédios e medicamentos. O mesmo ocorre no setor de tributação da prefeitura e da secretaria da Agricultura quanto à emissão de notas fiscais e guias de pagamento. O motivo é a troca do sistema de informática. Pedimos compreensão de todos e dentro do possível antecipem os pedidos para não haver contratempos nos dois dias. E seguindo as orientações do Decreto Estadual, as aulas na Escola Municipal de Ensino Fundamental João Batista de Mello e na Escola de Educação Infantil Brincar Construindo seguem suspensas até o mês de junho. A entrega dos materiais é feita diretamente na casa dos alunos onde os pais não tenham transporte próprio ou acesso à internet. Ainda está disponível diretamente na escola em forma de xerox. O atendimento será feito ao meio dia para esclarecimento de dúvidas. O material enviado será para 15 dias. A segunda remessa dos materiais será enviada no dia 19. A decisão de manter a suspensão foi tomada em conjunto com o Conselho Municipal de Educação e diretoras das duas escolas municipais. AI/RC

Câmara aprova auxílio emergencial a estados, ao DF e municípios

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (5), em sessão virtual, o auxílio de R$ 125 bilhões para os estados, o Distrito Federal e os municípios em razão da pandemia do novo coronavírus. Como foi modificada pelos parlamentares, a matéria retorna para análise do Senado antes de seguir para sanção presidencial. O Projeto de Lei Complementar (PLP) 39/20 prevê que serão direcionados R$ 60 bilhões em quatro parcelas mensais. Desse total R$ 50 bilhões serão para uso livre (R$ 30 bilhões vão para os estados e R$ 20 bilhões para os municípios). Como não participa do rateio dos municípios, o Distrito Federal receberá uma cota à parte, de R$ 154,6 milhões, também em quatro parcelas. Os outros R$ 10 bilhões terão que ser investidos exclusivamente em ações de saúde e assistência social (R$ 7 bilhões para os estados e R$ 3 bilhões para os municípios). Fonte: Agência Brasil

Comunidade indígena do Equador teme ser extinta pela covid-19

Uma das comunidades indígenas do Equador teme ser exterminada agora que as infecções de coronavírus estão aumentando em seu território. O aumento levou dezenas de integrantes a fugirem para a floresta tropical amazônica para se proteger da pandemia, que já matou quase 1.600 pessoas no país. A nação siekopai, que fica na fronteira entre o Equador e o Peru e é formada por 744 integrantes, tem 15 casos confirmados do vírus, e dois líderes idosos morreram nas últimas duas semanas depois de apresentar sintomas da covid-19. Um grande número de siekopais apresentou sintomas da doença, mas quando procurou ajuda de um centro de saúde do governo na cidade vizinha de Tarapoa. médicos disseram que eles estavam apenas com uma “gripe forte”, disse o presidente da comunidade, Justino Piaguaje. Fonte: Agência Brasil

Calendário do IPVA 2020 no RS se encerra com arrecadação de R$ 2,4 bilhões

O calendário de pagamento do IPVA 2020 (Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor) encerrou em 27 de abril. De acordo com dados da Receita Estadual, foram pagos R$ 2,4 bilhões de uma arrecadação bruta prevista em R$ 3 bilhões. Do total arrecadado com o tributo, metade é repassada de maneira automática às prefeituras conforme o município de emplacamento. A inadimplência, contabilizada até o dia 3 de maio, somou 20,63% dos valores previstos na arrecadação. Em relação ao número de veículos sujeitos à tributação, a quantidade de inadimplentes atingiu 25,95% das placas. No site da Receita Estadual podem ser acessados os valores sobre a situação do IPVA em cada município, além do total geral de arrecadação para o Estado e índices de inadimplência por região. Fonte: Governo do RS

Termina hoje prazo para regularizar título de eleitor

Os cidadãos que não estão em dia com o título de eleitor têm até hoje (6) para regularizar a situação. Após o prazo, quem estiver com pendências no documento não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país. O prazo deve ser observado para quem deseja mudar o local de votação, domicílio eleitoral, regularizar título cancelado, fazer alterações de dados pessoais e pelos jovens de 16 anos que vão votar pela primeira vez e querem solicitar o documento. Fonte: Agência Brasil

RS receberá R$ 500 milhões de socorro federal em maio

A Secretaria da Fazenda projeta que a primeira parcela para o Rio Grande do Sul, no valor de R$ 486 milhões, do socorro financeiro da União a estados e municípios, esteja liberada até 20 de maio. Conforme o titular da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, no caso do Estado, os recursos vão recompor o fluxo de caixa do Tesouro e auxiliar no pagamento da folha. O montante integra o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, que destinará, divididos em quatro parcelas mensais, R$ 30,1 bilhões a estados e ao Distrito Federal e R$ 20 bilhões diretamente aos municípios. Os valores são de uso livre. Dos R$ 30,1 bilhões o RS ficará com R$ 1,9 bilhão. E, dos R$ 20 bilhões, os municípios gaúchos ficarão com R$ 1,3 bilhão (quatro repasses de R$ 325 milhões). Segundo Marco Aurelio, pelos critérios de divisão utilizados no projeto (que ainda tramita no Congresso) o RS fica com 6,5% do montante dos estados, percentual ligeiramente inferior à sua representação (7%) no total do ICMS brasileiro. Fonte: G1

Celso de Mello determina que vídeo de reunião citada por Moro seja entregue em 72 horas

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu nesta terça-feira (5) 72 horas para o governo entregar as gravações de reunião citada em depoimento do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, realizada dia 22 de abril, entre o presidente Jair Bolsonaro, o vice, Hamilton Mourão, e ministros. Moro prestou depoimento de mais de oito horas no sábado (2) na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba. Ele foi questionado sobre as acusações de que Bolsonaro tentou interferir no trabalho da Polícia Federal (PF) e em inquéritos relacionados a familiares. As acusações foram feitas pelo ex-ministro quando ele anunciou sua saída do governo, em 24 de abril. Fonte: G1

Produção e apresentação: Rita de Cássia.
Próxima edição: ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui