Arroio do Meio atende 2,3 mil alunos em plataforma virtual

Conteúdos começaram a ser publicados na última segunda-feira (18) e seguirão enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas pela pandemia.


0
Estudantes do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental são abrangidos na iniciativa (Foto: Reprodução/ Prefeitura de Arroio do Meio)

Para retomar vínculos e incentivar o estudo em casa, durante a pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Arroio do Meio, por meio da Secretaria da Educação, implementou um sistema de aulas virtuais pela plataforma Google Sala de Aula. O método começou a ser aplicado na segunda-feira (18), atendendo a cerca de 2,3 alunos do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental na rede municipal de ensino.


ouça a reportagem

 


Os conteúdos e as atividades são publicados diariamente pelos professores, ficando disponíveis para serem conferidos posteriormente, seja via computador ou smartphone. Ou seja, não há a aplicação de aulas online, mas o registro das lições no ambiente virtual, como explica a secretária adjunta da Educação de Arroio do Meio, Marlise Fuhr. “Facilita a organização dos estudantes e das famílias, porque muitos irão realizar as atividades à noite, para ter apoio e acompanhamento.”

Para acessar as aulas, estudantes e professores receberam um e-mail funcional. Os educadores foram treinados para fazer as publicações e dar suporte aos alunos. Na próxima semana, conforme Marlise, será feita uma pesquisa para avaliar o número de pessoas que acessa a plataforma. Estudo prévio mostrou que 2,5% das famílias não têm acesso à internet. “Por conta disso colocamos a possibilidade para que essas famílias retirarem o material fixo”, diz ela. As impressões ficam nas escolas.

Outro tema a ser avaliado é o aproveitamento das aulas da plataforma do Google na grade curricular. O Conselho Municipal de Educação de Arroio do Meio está avaliando a possibilidade, mas Marlise adianta que há chances de serem contabilizadas. “São horas que estão sendo ofertadas em atividades e que vão ser contabilizadas dentro da carga horária de 2020, dentro de atividades não presenciais.”

A retomada das aulas presenciais depende de decreto do governo do Rio Grande do Sul – o que não tem data prevista para ocorrer. Marlise estima que a suspensão se estenda pelo mês de junho e garante que Arroio do Meio se prepara para seguir com o método virtual de ensino. “Estamos estruturados e com o trabalho em andamento, o que nos permite seguir caso não tenhamos o retorno das atividades presenciais.”

A rede municipal de ensino de Arroio do Meio tem 13 Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs), atendendo a cerca de 2,3 mil alunos do 4º ao 9º ano.

Texto: Natalia Ribeiro
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui