Arroio-meense de 16 anos é contratado pelo Palmeiras

Zagueiro João Vitor Führ estreou marcando gol pelo “Verdão” de São Paulo


0
Foto: Divulgação

O jovem João Vitor Führ, natural de Arroio do Meio, é o novo reforço do time sub-17 do Palmeiras, clube paulista que é um dos gigantes do futebol brasileiro. O zagueiro de 16 anos começou sua trajetória no esporte aos 6 anos de idade, no time do Rui Barbosa de Arroio do Meio, onde permaneceu até os 15 anos. Durante o período, João Vitor também passou pela Associação Lajeado de Futasl (Alaf). Após vencer o limite de idade na equipe do Rui Barbosa, João conta que parou de jogar por um ano, tempo em que dedicou-se aos estudos, já que havia sido contemplado com um bolsa em uma boa escola particular da região.


ouça a reportagem

 


“Cheguei em parar e jogar para seguir o caminho dos estudos, e continuar jogando só para me divertir. Este era o sonho da minha mãe. Até que no fim de 2021, surgiu a oportunidade de jogar na escolinha do Ivo 10 de Teutônia, onde me destaquei na Copa São Paulo de Futebol Júnior, tento que cheguei a ser convidado para fazer teste no Atlético Mineiro. Não passei, mas adquiri muita experiência e voltei para o Ivo10. Foi em um amistoso contra o Grêmio, em abril, que despertei o interesse de um olheiro do Palmeiras. Ele me convidou para fazer um teste em São Paulo, no qual passei”, conta o zagueiro.

No Palmeiras, João Vitor mantém uma rotina de treinamentos diários pela manhã, descansa pela tarde e estuda a noite. “Nos dias de jogos, não treinamos pela manhã e podemos faltar aula”, explica.

Em maio, João Vitor fez sua estreia com a camisa do Palmeiras na Copa Buh Sub-17, ocasião em que marcou um gol na vitória do “Verdão” contra o Brasil de São Paulo por 3 a 1. Com o clube do Allianz Park, Führ já disputou o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil e agora, prepara-se para estrear no Campeonato Brasileiro Sub-17.

Foto: Divulgação

O arroio-meense assinou contrato de formação com o Palmeiras, com duração de três anos. “Acho que vou conseguir evoluir muito nestes três anos, porque o Palmeiras oferece uma estrutura muito grande. Aqui você está em um nível muito alto, com grandes jogadores e técnicos. Meu principal objetivo no momento é conseguir a titularidade e me destacar, para, quem sabe, disputar uma “Copinha” (Copa São Paulo de Futebol Júnior) de novo, ou até ser convocado para a seleção. Quer conseguir jogar profissionalmente no Palmeiras. Esse é o grande objetivo”, finaliza.

Texto: Luís Fernando Wagner
noticias@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui