Apenadas de Lajeado produzem 100 tratores em crochê para empresa de São Paulo

Contratante foi a empresa AGCO do Brasil Soluções Agrícolas LTDA, localizada em Campinas


0
Foto: Divulgação

O Presídio Feminino de Lajeado (PEFL), por intermédio do projeto de uso de mão de obra prisional através de artesanato, recebeu encomenda de 100 unidades de tratores de crochê. A confecção completa da encomenda foi finalizada pelas apenadas da unidade prisional.

A contratante foi a empresa AGCO do Brasil Soluções Agrícolas LTDA, localizada em Campinas-SP. Os objetos foram etiquetados com o nome da equipe que os produziu, para que o trabalho do Presídio Feminino seja difundido e reconhecido em outras regiões do País. As etiquetas foram doadas pela Promotora da Comarca de Lajeado, Ana Emilia Vilanova.

O valor recebido pela encomenda, intermediado através do Conselho da Comunidade de Lajeado, foi utilizado para aquisição do material necessário para a produção dos tratores, e a quantia restante foi dividida entre as apenadas. CC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui