Assembleia aprova projeto que formaliza acordo entre Lajeado e Governo do RS por obra no trevo da BRF

Obra deverá iniciar em janeiro e ser entregue até outubro de 2022


1
Foto: Ricardo Sander

Foi aprovado na tarde desta terça-feira (14) o projeto de lei PL 420/2021, que formaliza o acordo entre Lajeado e Governo do RS para a execução de obra no trevo da BRF, na ERS-130. O projeto foi aprovado na Assembleia Legislativa por 39 votos favoráveis e 11 contrários.

Foto: Assembleia do RS / Divulgação

Com o acordo, o município de Lajeado assumirá os encargos da construção das vias marginais no trecho compreendido entre o km 69,19 e km 70,90 da ERS-130, além da trincheira, conforme projeto desenvolvido pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). Além disso, o Estado também cederá o atual prédio do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagens (Daer), localizado na Avenida Benjamin Constant, no centro da cidade.

Por outro lado, Lajeado cederá dois imóveis municipais, onde será construída a nova sede da entidade. Uma dívida de R$ 4,2 milhões que o estado tinha com o município para a área da saúde também foi quitada.

VÍDEO: Confira como é o fluxo de trânsito atualmente no trevo da BRF

Na última sexta-feira (10), o município já havia dado início ao processo licitatório da obra de remodelação do trevo. De acordo com o prefeito Marcelo Caumo, o processo já está na fase final. “Nós recebemos quatro propostas e já temos a empresa com a melhor oferta, que foi a Giovanella. O valor acertado foi de R$ 11.885.000. Com isso, acreditamos que em janeiro já poderemos dar início a essa tão esperada obra”, destaca.

Ainda de acordo com o prefeito, a obra, juntamente das vias laterais, será entregue no mês de outubro de 2022.

Texto: Vinicius Mallmann
regional@independente.com.br

1 comentário

  1. Passei no trevo quando estavam filmando, era metade da tarde. Precisam gravar das 07:00 às 08:00 e das 18:00 às 19:00, então verão o real fluxo de trânsito que pegamos para ir e voltar do trabalho todos os dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui