Assembleia-Geral da ONU pede ‘fim imediato’ da guerra na Ucrânia

A nova resolução foi aprovada pela comunidade internacional com 140 votos a favor, 5 contra e 38 abstenções


0

A Assembleia Geral da ONU voltou a pedir, nesta quinta-feira (24), o “fim imediato” das hostilidades da Rússia na Ucrânia, assim como “qualquer ataque contra civis e alvos civis”, na segunda resolução em menos de um mês, que não é vinculante.

Com 140 votos a favor, 5 contra e 38 abstenções, a comunidade internacional aprovou por esmagadora maioria esta nova resolução apresentada pela Ucrânia e promovida por México e França, sobre as “consequências humanitárias da agressão” russa.

Em um mês, a guerra no Leste Europeu provocou o deslocamento de 10 milhões de pessoas, entre elas 3,5 milhões refugiadas, sendo metade desse número crianças. Nesta quinta-feira, outras importantes reuniões estão sendo realizadas para discutir o confronto entre russo e ucrânianos.

O presidente Joe Biden viajou a Bruxelas, em seu primeiro compromisso na Europa desde o início da invasão russa, para participar de encontros com a Otan, com a União Europeia e com o G7, grupo das sete maiores economias do mundo.

Fonte: R7


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui