Assembleia Legislativa deve aumentar ritmo de sessões

Com muitos projetos, Casa terá votações também nas sessões de quarta-feira


0
Foto: Joel Vargas | Agência ALRS

Com algumas pautas polêmicas que ainda precisam ser enfrentadas, entre elas a de regionalização do saneamento, determinada pelo Marco Legal do Saneamento, aprovado pelo Congresso em 2020, a Assembleia gaúcha corre contra o tempo. Ainda há na lista a nova proposta estabelecendo o teto de gastos no Rio Grande do Sul.

A partir do dia 9, o ritmo deve ser agilizado, não apenas pela volta das sessões plenamente presenciais, mas também com a retomada das sessões com votação às quartas-feiras, estas ainda de forma híbrida.

Em 2022, com as eleições gerais, além de o ritmo parlamentar ser atingido, o viés político ganha força e os ânimos se acirram, dificultando o avanço de propostas na Casa.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui