Assembleia reelege Erineo Hennemann como presidente da Certel

Hennemann foi reeleito para mais quatro anos como presidente


0
Foto: Divulgação

A Certel realizou na noite desta segunda-feira (14), em formato digital, a sua Assembleia Geral de Microrregião. Participaram em torno de 280 associados das microrregiões de Taquara, Salvador do Sul, Alta do Vale, Marques de Souza, Lajeado e Teutônia, que aprovaram os resultados de todos os negócios da Certel e da Certel Energia referentes ao ano de 2021. Paralelamente, outros 316 associados participaram do processo de votação para escolha dos suplentes de delegados em três microrregiões. A decisão dos associados nesta assembleia será ratificada pelos delegados, na Assembleia Geral Ordinária do dia 25 de março.

Retorno à comunidade

Este foi o melhor resultado da história do Grupo Certel, com uma sobra à disposição dos associados no valor de mais de R$ 36 milhões. Desta sobra, segundo o presidente, Erineo José Hennemann, R$ 16 milhões serão destinados para o Fundo de Expansão e Manutenção do Sistema Elétrico, para melhoria das redes, subestações, hidrelétricas e da infraestrutura como um todo. Também houve uma distribuição de R$ 6,5 milhões para as cotas-partes dos associados; de R$ 6,7 milhões para o Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social (Fates), para atender projetos sociais, principalmente de entidades mais carentes; e de R$ 6,5 milhões para a recomposição do Fundo de Reserva da Certel. “Estes valores foram aprovados e serão destinados para essas contas, com melhoria gradativa do sistema elétrico e um grande benefício para todas as comunidades”, afirma.

Inovação

Em caráter extraordinário, houve reformulação de alguns itens do Estatuto Social, principalmente com relação aos objetivos sociais, ou seja, inserindo mais atividades que a Certel possa desenvolver. “Claro, sempre muito atentos às melhorias e mudanças previstas no setor elétrico. Mas, estamos nos antecipando, considerando as exigências da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e da Junta Comercial”, assinala Hennemann.

Eleição

Também houve eleição do Conselho de Administração, sendo que Erineo Hennemann foi reeleito para mais quatro anos como presidente, ao lado de Daniel Luis Sechi como vice-presidente e de Rainer Büneker como secretário.

Para a Certel Energia, também foram eleitos os conselheiros administrativos Plinio Caliari, Nelson José Werner, Silvo Landmeier, Pedro Afonso Klein, Luisa Bauer e Imério Gonzatti, e os conselheiros fiscais Carmo Both, Carlos Alberto Walter, Martim Rhein, Daiane Munique Knecht, Arlei Antônio Zimmer e Sadi Reis da Silva.

Para a Certel, também foram eleitos os conselheiros administrativos Lauro Baum, Irani Guaragni, Silvério Brune, Ademir Sipp, Roberto Carlos Wegner e Rosita Schneider, e os conselheiros fiscais Delmar Augusto Colombo, Lili Beckenbach, Augusto Domingos Favaretto, Graziela Cândida Petry, Jair Antônio Schneider e Luis Carlos Felício.

Hennemann agradeceu pelo empenho e determinação dos associados que participaram da gestão que se encerra, e deu as boas-vindas aos integrantes da nova gestão. “Aos que estão nos deixando, agradecemos de coração a forma como se dedicaram, com harmonia, sensibilidade e amor muito grande a sua cooperativa. Isso deve ser enaltecido para que continue nos próximos anos”, ressaltou.

Da mesma foram, houve eleição para suplentes de delegado nas microrregiões de Salvador do Sul, Lajeado e Teutônia, entre o período de 24 de fevereiro e 3 de março. Pela Certel, foram eleitos João Inácio Leindecker (em Salvador do Sul), Talita Halmenschlager Rhein e Rosane Jasper (Teutônia), Luana Sabrina Petry, Olavo Reinoldo Schneider e Mirdes Kern Weissheimer (Lajeado). Pela Certel Energia, foram eleitos Erci Beckenbach Sipp (Salvador do Sul), Talita Halmenschlager Rhein e Rosane Jasper (Teutônia), Mirdes Kern Weissheimer e Luana Sabrina Petry (Lajeado).

Satisfação

O presidente da Certel também apresentou o resultado de uma pesquisa relacionada aos serviços da cooperativa, segundo a qual 100% dos pesquisados estão satisfeitos com a energia elétrica que recebem em seus lares e 91% manifestaram-se felizes com o atendimento das Lojas Certel. Hennemann demonstrou sua satisfação com este e outros excelentes indicadores obtidos em relação às atividades, mas destacou também que ‘o sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã’. “Temos que buscar cada vez mais conhecimento e qualificação para que possamos atender os desafios que estão por vir e que são muito grandes”, ponderou.

Muitos participantes da assembleia elogiaram o formato digital do evento que, ainda em virtude das normas protocolares de prevenção à pandemia de covid-19, substituiu as habituais assembleias presenciais da Cooperativa. Através de comentários via chat, afirmaram estar satisfeitos com a transparência e com os resultados da Certel.

Gestão

Hennemann também observou a importância de que todos os associados conheçam mais sobre o modelo de gestão da sua cooperativa. “Sei que pode até parecer difícil acompanhar uma assembleia, que apresenta muitos dados técnicos. Mas, que os associados venham nos visitar e conhecer nossa sede e nossas equipes. Nosso grande desafio é fazer com que a Certel seja reconhecida cada vez mais como uma cooperativa pertencente ao seu associado”, pontuou. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui