Uma mulher detonou um cinturão de explosivos em um mercado na cidade iraquiana de Karbala, no Iraque. O atentado deixou pelo menos 30 mortos e feriu 35, informaram autoridades iraquianas à agência Reuters.

O Estado Islâmico assumiu a autoria do massacre, que tinha como alvo a comunidade xiita do país.

O grupo ultrarradical sunita assumiu a autoria da maioria dos ataques realizados no Iraque nos últimos meses, incluindo os três que fizeram mais de 40 mortos em 30 de maio em Bagdá e Hit (oeste).

Esses atos acontecem num momento em que os jihadistas perdem terreno, especialmente em sua fortaleza de Mossul (norte), onde as forças iraquianas continuam a avançar.

O período do Ramadã, mês do jejum do Islã, é muitas vezes marcado pelos atentados jihadistas contra locais públicos para fazer o maior número possível de vítimas.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui