“Até se conversa sobre o tema, mas agora temos pautas mais importantes”, afirma Caumo sobre candidatura a deputado

Perguntado sobre a possibilidade de participar do próximo pleito, o prefeito de Lajeado não descartou, mas preferiu falar das prioridades municipais a serem resolvidas antes de pensar sem concorrer a uma cadeira na Assembleia


0
Prefeito de Lajeado é questionado na Rádio do Vale sobre as eleições de 2022 (Foto: Luan Santos)

Os burburinhos políticos para as eleições de 2022 não começaram apenas em nível estadual e nacional, mas também para definição de candidatos ao Legislativo estadual e federal, onde partidos buscam lançar o nome capazes de se tornar representantes do Vale do Taquari em um dos parlamentos.

O prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo (PP), é um dos nomes ventilados na região, e ao conceder entrevista ao programa Realidade da Rádio do Vale AM 820, na manhã desta terça-feira (23), acabou tendo que tocar no assunto.

Além de diversos temas da atual administração municipal, falou sobre a possibilidade de concorrer a deputado estadual nas eleições de 2022. Quando perguntado sobre, ele citou uma série de prioridades que ainda precisa cumprir antes de pensar na possibilidade de participar do pleito no próximo ano, e em tom bem humorado, concluiu dizendo que desviou da pergunta porque tem prioridades importantes ainda para Lajeado, embora para região também seja algo importante definir uma candidatura a deputado para se ter uma liderança regional posteriormente na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul.

“Quando se conversa sobre esse assunto, é difícil se ter uma definição agora porque há pautas muito importantes para se preocupar antes, como por exemplo o trevo da BRF, e queremos resolver nas próximas semanas, entre outras decisões importantes relativas à cidade de Lajeado, mas eu estou desviando da tua pergunta porque, de fato, não temos uma definição. Mas é claro que também é importante para a região definir seu candidato e almejar ter um deputado do Vale do Taquari para nos representar”, afirmou o progressista, não descartando a possibilidade de concorrer a uma cadeira no parlamento gaúcho.

Atualmente o Vale do Taquari não tem nenhum representante oficial da região na Assembleia Legislativa, e nem na Câmara Federal. O último parlamentar o legislativo gaúcho, que possuía título eleitoral no Vale do Taquari a ocupar uma cadeira na Assembleia, foi também lajeadense Ênio Bacci, que não conseguiu se reeleger no ano de 2018, quando ainda pertence ao PDT. Atualmente exerce o cargo de diretor do Detran RS e está no PTB.

Texto: Júlio César Lenhard

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui