Ativista é libertada pelo governo do Irã

Narges Mohammadi defende a abolição da pena de morte no país.


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Irã libertou a ativista pelos direitos humanos Narges Mohammadi. Mohammadi, de 48 anos, é uma defensora da abolição da pena de morte no país.

Ela foi detida em 2015 e condenada em 2016 por ser porta-voz de um grupo de campanha que foi considerado ilegal, o Centro dos Defensores dos Direitos Humanos do Irã. O governo iraniano não explicou o porquê da redução da pena.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui