Aulas do projeto Trilhas da Inovação são iniciadas em Lajeado

Primeiro projeto da área de inovação a ser colocado em prática na área educacional no município por meio do Pro_Move Lajeado


0
Foto: Pietra Darde/Divulgação

Um grande passo na busca por transformar Lajeado em uma cidade mais inteligente foi dado nesta segunda-feira (14), com o início do projeto Trilhas da Inovação, o primeiro projeto da área de inovação a ser colocado em prática na área educacional no município por meio do Pro_Move Lajeado. Por meio do Trilhas, 69 adolescentes estudantes do 9º ano das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) de Lajeado participarão de aulas no Senai Lajeado sobre inovação, engenharia e ciências exatas. A formação se estenderá até dezembro.

Para marcar o início do Trilhas, uma cerimônia de abertura foi realizada no Senai reunindo alunos, representantes do Senai e da Prefeitura de Lajeado. O prefeito Marcelo Caumo, a vice-prefeita, Gláucia Schumacher, a secretária da Educação, Vera Plein, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura (Sedetag), André Bücker, e a coordenadora do Departamento de Inovação e Tecnologia, Mariela Portz, estiveram presentes e desejaram boas-vindas aos estudantes. “Vocês já dominam muito sobre as ferramentas tecnológicas e essa é uma oportunidade para vocês desenvolverem ainda mais essas habilidades. Façam boas escolhas, aproveitem o que o Senai tem a oferecer a vocês, pois com certeza, no futuro, vocês irão lembrar do dia de hoje e vão ver como valeu a pena percorrer esse caminho”, disse o prefeito Marcelo Caumo aos alunos.

Por sua vez, o coordenador técnico do Senai, Marcelo Schedler, enfatizou que este primeiro passo pode ser o início de uma grande jornada. “Espero que vocês consigam, por meio dessa passagem pelo Senai, visualizar as diversas possibilidades para a vida de vocês. Esse primeiro passo exige compromisso e esforço”, ressaltou Marcelo.

Durante seis meses, os jovens terão a oportunidade de experimentar no contraturno escolar vivências e práticas em um curso com metodologia inovadora e com conteúdos diferenciados, como eletrônica, robótica, programação de software e tecnologias da indústria 4.0. As duas primeiras turmas que iniciaram as aulas nesta segunda-feira são compostas por alunos das Emefs Campestre, Nova Viena, Porto Novo, Santo André, Universitário e Vida Nova.

Como forma de acolhimento, o Senai distribuiu camisetas e disponibilizará crachás aos alunos nos próximos dias. “Hoje é um dia muito especial para nós. Preparamos tudo com muito cuidado e carinho. Queremos que eles se sintam desde já parte desse compromisso com a transformação da vida profissional. Esta é uma oportunidade para se tornarem bons profissionais no futuro. Estamos com uma missão muito nobre que é de transformar a vida desses jovens”, disse Jerry Hibner, gerente de operações do Senai.

Filmes de super-heróis despertaram o interesse do aluno da Emef Porto Novo, Gabriel de Miranda Fernandes, em estudar mais sobre robótica. “O personagem Homem de Ferro, por exemplo, despertou em mim o interesse em estudar sobre isso. Parece algo muito divertido. Desenvolvimento de aplicativos e de jogos também chamaram minha atenção. É algo que eu realmente tenho interesse em fazer. Eu imagino desenvolver um jogo que pode mudar radicalmente uma geração inteira. Estou bem empolgado com o início do curso”, contou Gabriel.

Nesta terça-feira (15) será a vez dos alunos das Emefs Alfredo Lopes da Silva, Dom Pedro I, Francisco Oscar Karnal, São Bento e São João iniciarem os estudos.

Saiba mais sobre o projeto Trilhas da Inovação

  • O projeto Trilhas da Inovação será o primeiro projeto da área de inovação a ser colocado em prática na área educacional no município por meio do Pro_Move Lajeado.
  • Durante seis meses, os 69 alunos que se inscreveram terão a oportunidade de experimentar no contraturno da escola vivências e práticas em um curso diferenciado voltado às áreas da inovação, engenharia e ciências exatas.
  • O curso é dividido em quatro módulos, sendo o primeiro sobre eletrônica, analógica e digital, o segundo sobre robótica, o terceiro sobre fundamentos para programação de software e no último será abordado sobre tecnologias da indústria 4.0. 
  • São 4 turmas, que terão aulas duas vezes por semana, com 4 horas de duração, totalizando 192 horas de aula no semestre. A Prefeitura de Lajeado oferece transporte gratuito aos alunos para se deslocarem ao Senai. 
  • O Senai  fornece o  material didático e kit aos alunos, bem como os materiais, espaços e máquinas necessários para a realização do curso. Além disso, caso necessário,  disponibilizará instrutor e  ônibus para eventual visita técnica. Ao final da capacitação, os alunos  que tiverem aproveitamento superior a 80% e frequência mínima de 75% da carga horária, receberão certificados. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui