Aulas presenciais na rede municipal de Bom Retiro do Sul retornam na próxima segunda-feira

Crianças de creche e maternal retornarão quando for permitido o turno integral


0
Foto: Fernando Dias/Divulgação

A Secretaria de Educação e Cultura (Smec) de Bom Retiro do Sul retomará as aulas presenciais para os alunos matriculados na pré-escola e no Ensino Fundamental da rede municipal na próxima segunda-feira (3). Crianças de creche e maternal retornarão quando for permitido o turno integral.

A retomada atende ao decreto estadual Nº 55.856, de 27 de abril de 2021, que passa a permitir as atividades presenciais nas escolas municipais. O decreto prevê a retomada somente do turno de aula neste momento, sem a possibilidade de ser ofertado o turno integral. Os alunos deverão ir à escola apenas no turno da sua matrícula.

Conforme a secretária Martinha Maria Dullius, o número de alunos por sala está adequado ao que determina a legislação sanitária vigente. “As escolas da rede municipal estão preparadas para receberem os alunos, em conformidade com os protocolos sanitários. Todas receberam dedetização, sanitização e estão equipadas para disponibilizar máscara, álcool gel, máscara acrílica, entre outros e materiais de limpeza, como álcool 70° e água sanitária, visando a prevenção, controle e a mitigação da transmissão da Covid-19”, enfatizou Martinha.

Neste momento, o retorno presencial não é obrigatório. Os pais que optarem por não encaminhar seus filhos às aulas presenciais deverão retirar as atividades de forma física nas sextas-feiras nas respectivas escolas. O transporte escolar será fornecido a partir da próxima quarta-feira (5) com o uso dos ônibus da Smec. Lanches serão disponibilizados para os alunos.

“Na sala de aula os alunos deverão seguir as orientações da direção e dos professores. Deverão ocupar as carteiras identificadas com seus nomes e respeitar o distanciamento de 1,5 metros entre as mesmas. Não será permitido qualquer tipo de aglomeração na sala ou nas dependências da escola. Qualquer situação que indique sintomas como a gripe e mal estar deverão ser informados imediatamente ao professor”, destacou Martinha.

Os alunos terão a temperatura aferida na chegada à escola. Todos deverão seguir alguns protocolos a mais de proteção. É obrigatório o uso de máscara, a higienização frequente das mãos e ter máscaras de reserva para substituição. As escolas fornecerão álcool gel e máscaras para os alunos que necessitarem.

“Estamos prontos e ansiosos para receber nossos alunos, após cerca de 400 dias de enfrentamento à pandemia. Tivemos que nos readaptar neste período para que nossos alunos não parassem de estudar. Cada professor, cada servidor deu o seu melhor para que a educação de cada criança continuasse. Perdemos pessoas queridas para este vírus, mas não perdemos a esperança de ter dias melhores, com mais responsabilidade, determinação e amor pela vida. Devemos continuar um cuidando do outro. Desejamos um ótimo retorno para todos”, encerrou Martinha Dullius. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui