Aumenta para nove o número de mortos em Nova York pelo furacão Ida

Com ventos de 230 km/h, o Ida foi o 5º furacão mais forte da história a atingir o continente


0
Foto: Reprodução / New York Post

O furacão Ida continua avançando pelo Atlântico Norte, causando fortes tempestades e inundações nos Estados Unidos. Nesta quinta-feira (2), a cidade de Nova York foi atingida por fortes ventos e chuva, que quase interromperam o serviço de metrô, destruíram casas em Nova Jersey e geraram um alerta de tornado no Bronx. Pelo menos nove pessoas morreram. O prefeito Bill de Blasio declarou estado de emergência, pouco antes das 23h30 de quarta-feira (1º), dizendo que a cidade de Nova York estava “enfrentando um evento climático histórico” com “chuvas recordes em toda a cidade, enchentes brutais e condições perigosas em nossas estradas”. Ele alertou aos nova-iorquinos: “fiquem dentro de casa”. A governadora de Nova York, Kathy Hochul, e o governador de Nova Jersey, Phil Murphy, também declararam estado de emergência por causa da tempestade tropical, que atingiu os Estados Unidos como um furacão de categoria 4 no domingo (29), exatos 16 anos após o Katrina. Fonte: Correio do Povo

Fiocruz confirma mais 19 casos da variante Delta no Rio Grande do Sul

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) confirmou, nesta quinta-feira, mais 19 casos da variante Delta do coronavírus no Rio Grande do Sul. Assim, o Estado contabiliza 87 casos confirmados da cepa de origem indiana. Outros 148 exames suspeitos aguardam confirmação. Os exames foram enviados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro, nessa quarta-feira. Conforme o Cevs, os novos casos confirmados são de residentes de Alvorada, Bom Retiro do Sul, Cachoeirinha, Canela, Caxias do Sul, Esteio, Viamão, Guaíba, Porto Alegre, Paraí e Santo Ângelo. Fonte: Correio do Povo

Cresce de 30% para 38% a participação de profissionais das forças de segurança em redes bolsonaristas, diz pesquisa

Cresceu de 30% para 38% a participação de profissionais das forças de segurança em redes sociais bolsonaristas de 2020 a 2021, segundo pesquisa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Em 2020, 17% dos integrantes das Forças de Segurança interagiam em ambientais bolsonaristas radicais e 13% em ambientes moderados. 70% deles não interagiram com bolsonaristas. Em 2021, 21% interagiam em ambientais radicais, 17% em ambientes moderados e 61% não interagiram. Foram analisados 651 usuários de Facebook e Instagram. A margem de erro do estudo é de três pontos percentuais para mais ou para menos. Fonte: G1

Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa, no Paraguai

Uma mulher encontrou o filho de 2 anos morto ao chegar em casa, no início da noite de quarta-feira (1º), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com a sul-mato-grossense Ponta Porã. O irmão da criança, um adolescente de 14 anos, que estaria com o pequeno, não estava no local e foi encontrado somente na manhã desta quinta-feira (2). Segundo informações da polícia paraguaia à imprensa do país, a mãe saiu de casa no início da manhã para trabalhar e deixou o filho mais novo sob os cuidados do adolescente. Quando ela retornou para casa, se deparou com o menino menor morto. Ao lado do cadáver, havia um bilhete escrito à mão em uma folha de caderno, em espanhol. Em português, a mensagem era: “Sinto muito. Seu filho viu o que não devia e estamos com seu filho maior”. Fonte: G1

Resumo das Paralimpíadas: Brasil leva mais 4 ouros e vai à final no futebol e no goalball

O Brasil teve mais um dia dourado nas Paralimpíadas de Tóquio. Das seis medalhas conquistas nesta quinta-feira, quatro foram de ouro. Gabriel Araújo e Talisson Glock foram campeões na natação, Alessandro da Silva defendeu seu título no atletismo e Nathan Torquato faturou o ouro na estreia do parataekwondo em Jogos Paralímpicos. Resultados que fizeram o Brasil ultrapassar a Holanda, voltar à sexta posição do quadro de medalhas e se aproximar do recorde de 21 ouros conquistados em Londres 2012. Faltam apenas dois para empatar. Fonte: G1

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui