Autor de atentado a casa noturna de Istambul é condenado a 40 penas de prisão perpétua

Abdulkadir Masharipov, cujo julgamento começou no fim de 2017, foi condenado a uma pena referente a cada uma das 39 vítimas, e outra pelo conjunto do massacre, cuja autoria foi reivindicada pelo Estado Islâmico.


0
Multidão carrega o caixão de Yunus Gormek, de 23 anos, uma das 39 vítimas de um atirador que abriu fogo dentro da boate Reina durante a festa de réveillon em Istambul, na Turquia (Foto: Bulent Kilic/AFP)

Um tribunal turco condenou nesta segunda-feira a 40 penas de prisão perpétua o uzbeque considerado culpado do atentado de ocorrido no réveillon de 2017 numa casa noturna de Istambul, em que morreram 39 pessoas, anunciou a imprensa local.

Abdulkadir Masharipov, cujo julgamento começou no fim de 2017, foi condenado a uma pena referente a cada uma das 39 vítimas, e outra pelo conjunto do massacre, cuja autoria foi reivindicada pelo grupo Estado Islâmico (EI), segundo a agência estatal Anadolu.

O atentado ocorreu na boate de luxo Reina, localizada no Estreito de Bósforo, e também deixou cerca de 80 feridos. Masharipov, preso duas semanas após o ataque, confessou a autoria do atentado, mas, durante audiência em fevereiro de 2019, voltou atrás e afirmou que não era “o indivíduo com um fuzil kalashnikov nas mãos” visto no estabelecimento.

O atentado na Reina foi o primeiro ocorrido na Turquia reivindicado pelo Estado Islâmico, embora Ancara tenha imputado ao grupo outros ataques.

A boate Reina foi parcialmente demolida em maio de 2017, por ordem da prefeitura de Istambul, por desrespeitar as leis de urbanismo. Desde então, não voltou a funcionar.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui