Autoridades de Cruzeiro do Sul alertam para casos de dengue

16ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) já notificou 65 casos suspeitos de dengue


0
Foto: Divulgação

Desde o início do ano, a 16ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), já notificou 65 casos suspeitos de dengue. Nesta semana, a Vigilância Ambiental de Lajeado identificou quatro casos suspeitos de dengue no município, que faz divisa com Cruzeiro do Sul. Os casos estão passando por avaliação e ainda necessitam dos exames confirmatórios, mas o município já entrou em estado de alerta para a adoção de medidas preventivas ainda mais amplas para evitar aumento na transmissão. 

Conforme o agente epidemiológico de Cruzeiro, Roque Baum, existem 12 pontos de monitoramento das larvas no centro e bairros e até o momento não foi identificado nenhum mosquito infectado. No entanto, pede-se a população que redobre os cuidados e tenha ainda mais atenção a pontos de água parada. Como forma de prevenção é importante que se faça uma vistoria diária nas residências e manter cuidados como: 

  • Pratos de vasos de plantas devem ser preenchidos com areia;
  • Tampinhas, latinhas e embalagens plásticas devem ser jogadas no lixo e as recicláveis mantidas em ambiente que não acumule água;
  • Latas, baldes, potes e outros frascos devem ser guardados com a boca para baixo;
  • Caixas d’água devem ser mantidas fechadas com tampas íntegras sem rachaduras ou cobertas com tela tipo mosquiteiro;
  • Piscinas devem ser tratadas com cloro ou cobertas;
  • Pneus devem ser furados ou guardados em locais cobertos;
  • Lonas, aquários, bacias e brinquedos devem ficar longe da chuva;
  • Cuidados especiais para as plantas que acumulam água como bromélias e espadas de São Jorge. A recomendação é que se coloque água somente na terra e não deixe em locais expostos a chuva, como em cemitérios. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui