Avançar Saúde parte 2 garante recursos para Centro Regional Cardiológico do HBB e melhorias em outros quatro hospitais da região

Em Estrela, governador Eduardo Leite anunciou aporte de R$ 99,4 milhões, para a área da saúde


0
Foto: Luís Fernando Wagner

O governador Eduardo Leite e a secretária da Saúde, Arita Bergmann, estiveram em Estrela, na tarde desta terça-feira (4), a fim de anunciar novos recursos para a parte 2 do programa Avançar na Saúde. Os valores serão destinados a serviços de saúde de todas as regiões do Estado. O evento ocorreu no Parque Princesa do Vale, na presença de autoridades locais e de municípios contemplados de diversas partes do Rio Grande do Sul. 

Na ocasião, Leite anunciou o aporte de R$ 99,4 milhões, que serão divididos em três eixos: Rede Bem Cuidar (R$ 12,8 milhões); Farmácia Cuidar + (R$ 20 milhões), e Hospitais (R$ 66,6 milhões).  

Foto: Luís Fernando Wagner

Rede Bem Cuidar

Aporte de R$ 30 mil para cada um dos 428 municípios que aderiram à RBC/RS, duplicando os valores de implantação da etapa 1. O recurso será utilizado na implementação da RBC/RS nas Unidades Básicas de Saúde.

Farmácia Cuidar+

Aporte adicional de R$ 35 mil a R$ 100 mil por farmácia, duplicando os valores investidos na etapa 1, sendo: 70% para a estruturação da farmácia de medicamentos especiais e  30% para a qualificação do cuidado farmacêutico. Ao todo, 446 municípios aderiram à Farmácia Cuidar +, sendo 320.152 usuários beneficiados por mês.

Hospitais

São 39 hospitais contemplados em todo o RS. Os recursos serão empregados na execução de obras e aquisição de equipamentos para qualificação do atendimento pelo Sistema único de Saúde (SUS) em regiões estratégicas e ampliação da oferta de serviços. Todas as macrorregiões serão beneficiadas.

No Vale do Taquari, serão contempladas as casas de saúde São José, de Arroio do Meio (R$ 420 mil); Hospital de Caridade Santana, de Bom Retiro do Sul (R$ 550 mil);   Hospital Dr. Anuar Elias Aesse,  de Boqueirão do Leão (R$ 250 mil); Hospital de Caridade São Roque, de Dois Lajeado (R$ 150 mil); Hospital de Estrela (R$ 928 mil), e Hospital Bruno Born de Lajeado, que receberá a maior fatia dos recursos (R$ 4,6 milhões). 

Em Arroio do Meio, o Hospital São José aproveitará o aporte de R$ 420 mil para a aquisição de compressor, ventilador mecânico e quatro monitores para abertura de leitos de UTI no hospital; qualificação da prestação dos serviços  nas áreas de Traumato-Ortopedia, Cirurgia Vascular, Otorrinolaringologia, Ginecologia e Urologia, realizando cerca de 400 cirurgias por ano na área de traumato.

Contemplado com R$ 550 mil, o Hospital Caridade de Sant’ana de Bom Retiro do Sul investirá na compra de camas hospitalares, arco em “C” e ultrassom portátil, e qualificação do Centro Cirúrgico, permitindo o aumento de cirurgias à população de referência.

Em Boqueirão do Leão, o Hospital Doutor Anuar Elias Aesse, receberá R$ 250 mil, que serão empregados na adequação da área física da casa de saúde às normas da Vigilância Sanitária. 

O Hospital de Caridade São Roque, de Dois Lajeados, usará os R$ 150 mil para  a instalação de central de gases medicinais; prestação dos serviços de saúde com mais segurança e otimização na utilização dos recursos públicos.

O Hospital de Estrela, da cidade anfitriã do evento, ganhará R$ 928 mil, que servirão para a conclusão da reforma da Urgência e Emergência e aquisição de berços, bancadas, camas, cadeiras de rodas, carros de emergência, eletrocardiógrafo, monitores, ultrassom, entre outros.

Por fim, o Hospital Bruno Born (HBB) de Lajeado, receberá a maior fatia do bolo. Os R$ 4,6 milhões vão custear a reforma do serviço de hemodinâmica e a unidade de internação do Centro de Cardiologia, além da aquisição de equipamentos. Também será ampliada a área de referência na assistência ao paciente cardiológico pelo SUS, aumentando a população de referência. 

Em dezembro passado, o pedido de investimentos no Centro Regional Cardiológico do HBB havia sido encaminhado pela direção da casa de saúde ao governador Eduardo Leite, quando  o chefe de estado cumpriu agenda em Lajeado. Na oportunidade, Leite projetou o anúncio dos recursos para janeiro de 2022, o que se confirmou nesta terça-feira (4).   

A estrutura irá ocupar uma área de 2,2 mil metros quadrados – um andar inteiro do Hospital Bruno Born. Serão instalados no local consultórios; salas de exames completos na área cardiológica; centro de arritmia; salas de hemodinâmica híbrida com capacidade para realização de cirurgias cardíacas de peito aberto, se necessário; salas de recuperação individuais; e uma unidade de internação cardiológica com 22 leitos de internação. 

Após o lançamento do Avançar Saúde parte 2, no Parque Princesa do Vale, a comitiva liderada pelo governador visitou o Hospital Estrela, onde Eduardo Leite manteve reunião fechada para a imprensa com a direção da casa de saúde. Ele também aproveitou para conferir as obras de reforma e ampliação do setor de emergência do hospital.

Na saída Leite atendeu aos jornalistas. O governador ressaltou os programas de reestruturação e enxugamento da máquina pública como fatores determinantes para possibilitar a retomada de investimentos.  “A gente sabe que é um dos maiores volumes investidos na saúde em nossa história. Isso graças as reformas que a Assembleia Legislativa aprovou, junto com privatizações e programas de reestruturação do Estado, que colocou salários e fornecedores em dia e que agora abre espaço para investimentos em todas as áreas”.

Estiagem

O governador falou sobre a estiagem, que vem causando prejuízos especialmente no setor primário. “Estamos articulando com o Ministério da Agricultura para organizar linhas de crédito para os agricultores. Teremos que tratar sobre estas questões. Também já anunciamos investimentos fortes para a irrigação, e estamos acompanhado cada uma das regiões, não só para agricultura, bem como para o consumo humano. Estamos trabalhando também na perfuração de poços para levar água às famílias, em mais este episódio de estiagem que o estado enfrenta”.

Sem possibilidade de tentar reeleição

Leite também ainda abordou o tema eleições. O governador, que sempre se posicionou contrario a dois mandatos consecutivos, reiterou que não pretende disputar a reeleição ao governo gaúcho. “Eu vou manter minha palavra. Sei que foi justamente por ter este compromisso que conseguimos tirar o foco do tema eleições e colocar a atenção nos assuntos mais importantes. Talvez se eu fosse um virtual candidato à reeleição, teria contaminado o ambiente político e não conseguiríamos aprovar as medidas mais importantes para o estado. Fico feliz por ter ajudado a conseguir virar o jogo, fazendo o maior investimento da historia recente em diversas áreas, mesmo baixando impostos e pagando os salários em dia”, argumentou.

 

Avançar Saúde 

Avançar na Saúde, um plano de investimentos de R$ 249,7 milhões até o final de 2022 para obras e aquisição de equipamentos para a qualificação da rede hospitalar, da assistência farmacêutica e das unidades básicas de saúde do Rio Grande do Sul.

A iniciativa faz parte do Avançar RS, programa transversal lançado em junho deste ano que passou a envolver as iniciativas com as quais o governo pretende acelerar o crescimento econômico e incrementar a qualidade da prestação de serviços à população.

Dentre os três eixos do programa, o Avançar na Saúde faz parte do Avançar para as Pessoas, que reúne ações com foco na prestação de serviços públicos nas áreas de saúde, educação, ação social, segurança e cultura. Os outros eixos são Avançar no Crescimento, trata de apoio à atividade econômica, desonerações fiscais, logística e mobilidade, e Avançar com Sustentabilidade, que engloba projetos nas áreas ambiental, de tecnologia e de inovação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui