Belo pede desculpas por show com aglomeração: ‘Cidadão com contas a pagar’

Músico foi preso nesta quarta-feira (17) e prestou depoimento à polícia.


0
Foto: Divulgação / UOL Notícias

Marcelo Pires Vieira, o cantor Belo, pediu desculpas publicamente por ter feito um show com aglomeração no sábado (13), no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. O músico foi preso nesta quarta-feira (17) e prestou depoimento à polícia. Em comunicado, o artista se declarou inocente e um “cidadão com contas a pagar”. O pagodeiro virou alvo da polícia por ter feito um show e causado aglomeração em meio à pandemia do coronavírus.

Como o evento foi realizado no interior de uma Escola Municipal do Parque União, a polícia também investiga uma suposta invasão ao colégio. Além disso, como a apresentação ocorreu em uma área de tráfico, a polícia investiga se o evento teria relação com a organização criminosa por precisar de autorização de uma facção para acontecer.

Além do cantor, o DCOD abriu um inquérito e cumpriu mais três mandados de prisão preventiva. Os nomes são: Célio Caetano e Henriques Marques, sócios da produtora; Jorge Luiz Moura Barbosa, o Alvarenga, chefe do tráfico no Parque União.

Em comunicado oficial publicado em seu perfil no Instagram, Belo se declarou desolado com a situação e afirmou que sua contratação foi totalmente legal, com documentos e notas fiscais entregues para a polícia.

Ele ressaltou que não tinha conhecimento de que o local para o evento era uma escola. De acordo com Gracyanne Barbosa, o pagodeiro passou a tarde “chorando e muito triste”.

Fonte: Notícia da TV Uol

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui