Bolívia aprova calendário eleitoral com possível segundo turno em outubro

A transferência de posse será feita em novembro.


0
Foto: Reprodução GloboNews

O Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) da Bolívia emitiu nesta sexta-feira (26) o novo calendário eleitoral que prevê um eventual segundo turno em 18 de outubro, caso não haja vencedor no primeiro turno em 6 de setembro. A transferência de posse será feita em novembro.

A Constituição prevê o segundo turno caso nenhum dos candidatos obtenha a metade mais um dos votos válidos no primeiro turno ou não consiga atingir pelo menos 40% dos votos com 10 pontos de diferença sobre o segundo colocado.

O TSE afirmou que com esse calendário busca “garantir” as eleições, “com as devidas medidas de proteção da saúde pública” pelo coronavírus. Devido à quarentena nacional pela Covid-19 decretada em março e em vigor até agora com flexibilizações, a agenda eleitoral sofreu várias mudanças, incluindo o adiamento dos comícios, inicialmente previstos para 3 de maio.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui