Bolsonaro aguarda resultado das eleições americanas e deve definir política externa somente no ano que vem

Bolsonaro tem dito a interlocutores que, caso a vitória do democrata Joe Biden se confirme, ele não tem pressa em mudar o rumo da política.


1

Apesar de adotar tom cauteloso e concordar com assessores que defendem uma maior definição sobre as eleições nos Estados Unidos antes de uma manifestação oficial do governo brasileiro, o presidente Jair Bolsonaro tem dito a interlocutores que, caso a vitória do democrata Joe Biden se confirme, ele não tem pressa em mudar o rumo da política externa brasileira em relação aos EUA ou fazer trocas em sua equipe.

Bolsonaro teria dito a assessores que Donald Trump é presidente pelo menos até 20 de janeiro e, até lá, nada muda no Brasil em relação à política externa.

Fonte: G1


1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui