Bom Retiro do Sul realiza 1º encontro municipal de arte e cultura LGBTQIA+ nesta sexta-feira

Objetivo do encontro é conversar sobre os rumos da cultura dentro do grupo


0
Lene Petry, coordenadora de Cultura de Bom Retiro do Sul, e Leonardo Souza, bailarino bom-retirense e participante do evento (Foto: Rodrigo Gallas)

O 1º encontro municipal de arte e cultura LGBTQIA+ em Bom Retiro do Sul foi assunto no programa Panorama desta sexta-feira (25). A coordenadora de Cultura de Bom Retiro do Sul, Lene Petry e o bailarino bom-retirense e participante do evento, Leonardo Souza foram foram os entrevistados do quadro “Sem Preconceito”. A reunião do grupo acontece na tarde desta sexta-feira (25).

“A gente tá fazendo vários encontros com grupos culturais. Já teve de Carnaval e dança. Teremos encontros sobre cultura gaúcha, cultura rural, artesanato e música”, explica Lene.  O objetivo do encontro é conversar sobre os rumos da cultura. “Queremos ouvir a comunidade para ver os anseios e necessidades”, discorre a coordenadora de Cultura.


ouça a entrevista


 

Leonardo Souza disse que sofreu preconceito velado por ser bailarino, isto é: quando o indivíduo age de forma preconceituosa, mas nega ser preconceituoso. É uma forma de preconceito que está institucionalizada na sociedade.

 

O significado 

LGBTQIA+ é o movimento político e social que defende a diversidade e busca mais representatividade e direitos para a comunidade. O seu nome demonstra a sua luta por mais igualdade e respeito à diversidade. Entenda o significado de cada letra da sigla LGBTQIA+.

L = Lésbicas
São mulheres que sentem atração afetiva/sexual pelo mesmo gênero, ou seja, outras mulheres.

G = Gays
São homens que sentem atração afetiva/sexual pelo mesmo gênero, ou seja, outros homens.

B = Bissexuais
Diz respeito aos homens e mulheres que sentem atração afetivo/sexual pelos gêneros masculino e feminino.

T = Transexuais
A transexualidade não se relaciona com a orientação sexual, mas se refere à identidade de gênero. Dessa forma, corresponde às pessoas que não se identificam com o gênero atribuído em seu nascimento. As travestis também são incluídas neste grupo. Porém, apesar de se identificarem com a identidade feminina constituem um terceiro gênero.

Q = Queer
Pessoas com o gênero ‘Queer’ são aquelas que transitam entre as noções de gênero, como é o caso das drag queens. A teoria queer defende que a orientação sexual e identidade de gênero não são resultado da funcionalidade biológica, mas de uma construção social.

I = Intersexo
A pessoa intersexo está entre o feminino e o masculino. As suas combinações biológicas e desenvolvimento corporal – cromossomos, genitais, hormônios, etc – não se enquadram na norma binária (masculino ou feminino).

Assexual
Assexuais não sentem atração sexual por outras pessoas, independente do gênero. Existem diferentes níveis de assexualidade e é comum que estas pessoas não veem as relações sexuais humanas como prioridade.

+
O + é utilizado para incluir outros grupos e variações de sexualidade e gênero. Aqui são incluídos os pansexuais, por exemplo, que sentem atração por outras pessoas, independente do gênero.

A importância da sigla

Para alguns, LGBTQIA+ pode ser apenas letras, mas o intuito é que um número cada vez maior de pessoas se sintam representadas pelo movimento e as suas pautas defendidas na sociedade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui