Bombeiros de Imigrante e Colinas precisam de recursos para adquirir equipamentos; saiba como ajudar

Corporação realiza campanha virtual para arrecadar valores e investir na compra de roupas, desencarcerador e melhorias no local


0
Uma das demandas da corporação é pela compra de roupas de aproximação, usadas para ocorrências com incêndio (Foto: Gabriela Hautrive)

O Corpo de Bombeiros Voluntários Imicol, que atende os municípios de Imigrante e Colinas, precisa de ajuda financeira para realização de melhorias e compra de equipamentos. Os 16 profissionais que atuam na casa, de forma voluntária, recebem recursos das prefeituras de Imigrante e Colinas, totalizando R$ 10 mil mensais, porém o valor é todo destinado para combustível, alimentação e manutenção, o que impossibilita a aquisição de outras demandas. Devido a isso, a corporação se torna dependente de doações, contando com a ajuda da comunidade e empresas, já que os recursos não cobrem todas as despesas.


OUÇA A REPORTAGEM 

 


Comandante Caroline Hauschild (Foto: Gabriela Hautrive)

Como neste momento não está sendo possível realizar um pedágio de forma física, abordando motoristas nos semáforos, como era feito normalmente, a iniciativa visa uma arrecadação de forma virtual e solidária, como explica a comandante Caroline Hauschild. “Fazíamos a cada dois ou três meses o pedágio, e trazia uma ajuda para a corporação, no último, em novembro, arrecadamos R$ 3,6 mil, um valor que ajuda bastante.”.

O pedágio virtual acontece através de doações por PIX ou transferência bancária. “Cada um doa aquilo que pode, não temos uma meta. Hoje posso doar R$ 7, amanhã R$ 30, o que pode ser pouco para pessoa, pode ser muito para nós”, relata. A chave PIX para as transferências é o e-mail da corporação: cbvimicol@gmail.com ou CNPJ 14.370.354/0001-32, além de uma conta bancária destinada ao Sicredi: 748, agência 0119 e conta 40593-7.

“E quem quiser pode vir até a corporação e mandamos alguém da diretoria para receber o valor também”, completa. Uma das demandas da corporação é pela compra de roupas de aproximação, usadas para ocorrências com incêndio. “Precisamos muito e custa em média R$ 5 a R$ 6 mil cada roupa”, explica.

Atualmente, os bombeiros possuem cinco destas vestimentas, todas adquiridas através de doações, sendo que apenas uma possui a eficiência ideal, além de outras demandas. “Estamos precisando de um desencarcerador melhorar, custa uns R$ 30 mil um novo, e até mesmo para coisas mais do dia a dia, queima um chuveiro por exemplo, temos que fazer três licitações para conseguir um”, relata.

Alimentação, água e gastos diários também são necessários, pois o caixa da corporação no momento não tem recursos suficientes. Ainda está nos planos os bombeiros comprar um caminhão pipa, para que seja possível armazenar uma quantidade maior de água, sendo que atualmente o veículo que possuem consegue reservar apenas 3 mil litros. Outra prioridade é a reforma na ambulância de resgate, que já recebeu equipamentos internos de suporte e está em fase de conclusão, podendo assim, dar mais assistência para população nos atendimentos das ocorrências.

Quartel do Imicol está localizado na Rua Parobé, número 1600, em Colinas (Foto: Gabriela Hautrive)

Como ajudar

  • PIX: cbvimicol@gmail.com ou CNPJ 14.370.354/0001-32
  • Conta bancária: Sicredi: 748, agência 0119 e conta 40593-7
  • Endereço da corporação: Rua Parobé, 1600, em Colinas – RS, CEP 95895-000.
Imagem: Divulgação Imicol

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui