Brasil bate recorde de pedidos de demissão em 12 meses

Uma em cada três demissões foram voluntárias – a pedido dos trabalhadores


0

O Brasil registrou 6,17 milhões de pedidos de demissão nos últimos 12 meses até maio. Trata-se de um número recorde em meio ao desemprego alto e à dificuldade dos trabalhadores de voltar ao mercado. Essa quantidade equivale a 33% do total de desligamentos de trabalhadores no período (18,69 milhões). Ou seja, uma em cada três demissões foram voluntárias – a pedido dos trabalhadores.

O levantamento foi feito pela LCA Consultores com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que são divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência. O recorde leva em conta o período a partir de janeiro de 2020, início da série histórica do Caged com a metodologia atual de contagem de vagas com carteira assinada no País. Em maio deste ano, ocorreram 572,36 mil demissões voluntárias – o número só é menor do que o registrado em março (603,13 mil). Comparando maio de 2021 com o mesmo mês deste ano, o aumento nos pedidos de demissão foi de 52%.

São Paulo se manteve no topo dos Estados com maior número de pedidos de demissão em 12 meses até maio: 2,08 milhões de um total de 6,2 milhões de desligamentos de trabalhadores. No Rio Grande do Sul, os pedidos de demissão em 12 meses chegaram a 460,49 mil de um total de 1,22 milhão de desligamentos.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui