Brasil cria 316.580 empregos com carteira assinada em julho

No ano, foi registrado saldo positivo de 1,8 milhão de empregos, mas salário médio de admissão, no mês, cai 1,25%


0
Foto: Agência Brasil / Divulgação

Após terminar o primeiro semestre com a criação de 1.5 milhão de postos formais de trabalho, o Brasil manteve o ritmo de contratações e criou 316.580 vagas com carteira assinada em julho, de acordo com informações divulgadas nesta quinta-feira (26), pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O sétimo resultado positivo consecutivo do indicador coletado pelo Ministério do Trabalho é fruto de 1.656.182 admissões e 1.339.602 desligamentos no período. No acumulado dos sete meses de 2021, foi registrado saldo positivo de 1.848.304 empregos formais, decorrente de 11.255.025 contratações e 9.406.721 demissões no período. O desempenho elevou para 41,2 milhões o número de vínculos com carteira assinada no Brasil em julho, o que representa uma variação de 0,77% em relação ao estoque anterior.

Os dados positivos do Caged surgem no mesmo momento em que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que o desemprego atinge 14,6% da população (14,8 milhões). A diferença de metodologia e dos grupos analisados pelas pesquisas ajudam a justificar a disparidade entre os dois indicadores.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui