Brasil registra aumento de 11% em mortes por Covid-19 em uma semana

País bateu recorde de óbitos semanal pela doença


0
Foto: Amanda Perobelli / Reuters

O Brasil bateu recorde de mortes por Covid-19 por semana segundo o mais novo Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (5). Na semana epidemiológica 8, de 21 a 27 de fevereiro, foram registrados 8.244 novos óbitos. O resultado representou um aumento de 11% sobre a semana anterior, quando as autoridades de saúde notificaram 7.445 mortes pelo novo coronavírus. Com isso, o país ultrapassou o pico anteriormente registrado, na semana epidemiológica 30 de 2020, de 19 a 25 de julho. A pandemia retomou uma curva ascendente a partir de novembro, com um pico na virada do ano e crescimento oscilante desde então. Fonte: Agência Brasil

RS registra 167 óbitos e 9.479 novos casos de Covid nesta sexta

O Rio Grande do Sul registra nesta sexta-feira (05), 9.479 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 676.576. O número estimado de recuperados é de 623.181 (93% dos casos); acompanhamento 40.144 (6%); e 13.188 óbitos no total, sendo 167 registrados nesta sexta pela Secretaria Estadual da Saúde (na terça foram 185; na quarta 180 e na quinta-feira 188). Cinco mortes são de moradores do Vale do Taquari. Dos 3.003 leitos de UTI disponíveis no Rio Grande do Sul, 3.060 (101,9%) estavam com pacientes internados às 17h desta quinta. Além disso, o Rio Grande do Sul já tem 651.604 pessoas vacinadas contra a doença.

Prefeitura de Lajeado publica novo decreto com restrições para este fim de semana

A Prefeitura de Lajeado divulgou no início da tarde desta sexta-feira um novo decreto com medidas restritivas que vão vigorar a partir das 18h desta sexta-feira (5), com vigência até as 5h desta segunda-feira (8). As restrições atingirão também setores essenciais como as óticas, lojas de materiais de construção e sorveterias do Centro, que atendem aos clientes na porta. Fica permitido apenas o funcionamento das seguintes atividades: serviços públicos essenciais, serviços de assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares, farmácias e drogarias, mercados, supermercados, hipermercados, padarias, açougues, fruteiras e centros de abastecimento de alimentos, imprensa, postos de combustível, serviços veterinários de urgência e processamento de dados. AI/RC

Polícia Civil apreende cerca de 900 comprimidos de ecstasy em Rio Grande

A Polícia Civil apreendeu cerca de 900 comprimidos de ecstasy na madrugada desta sexta-feira na Zona Sul do Estado. A operação foi conduzida pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Rio Grande, sob comando do delegado Rafael Patella. A ação foi realizada na Estação Rodoviária da Quinta. A droga sintética estava sendo transportada por uma adolescente, de 17 anos, que foi abordada pelos agentes. Fonte: Correio do Povo

Ministério da Saúde confirma acordo com a Moderna para compra de doses

O Ministério da Saúde informou à CNN nesta sexta-feira (5) que fechou acordo com a Moderna para compra de vacinas contra a Covid-19 produzidas pela farmacêutica americana. Ao todo, o acordo prevê 13 milhões de doses da vacina no segundo semestre de 2021. Segundo integrantes da pasta, o acordo foi fechado durante a reunião do secretário-executivo do ministério, Elcio Franco, com representantes da Moderna na manhã desta sexta (5). Os auxiliares do ministro Eduardo Pazuello ressaltaram que o contrato ainda não foi fechado. A previsão é de que a assinatura ocorra nas próximas semanas após ajuste dos termos. Fonte: CNN

Conselho de Ética aprova suspensão não remunerada por 4 meses de deputado que passou a mão em colega

O Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou nesta sexta-feira (5) a suspensão do mandato do deputado Fernando Cury (Cidadania) por quatro meses, no processo em que a deputada Isa Penna (PSOL) o acusa de importunação sexual. A decisão prevê que o parlamentar não seja remunerado durante o afastamento. A deputada pediu a cassação do mandato do colega após uma câmera da Casa registrar o parlamentar colocando a mão no seio dela. Na próxima etapa, o processo segue para a Mesa Diretora da Alesp, que vai encaminhar o caso ao Plenário. Os deputados podem ou não ratificar a decisão do conselho. Fonte: G1

EUA passam de 2 milhões de doses de vacinas contra Covid aplicadas por dia

Os Estados Unidos ultrapassaram a marca de 2 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 aplicadas por dia, aponta levantamento da Bloomberg sobre o andamento da vacinação em todo o mundo, e o número de casos confirmados voltou ao patamar de outubro. O país administrou uma média de 2,04 milhões de doses por dia na última semana e chegou a 82,6 milhões de vacinas aplicadas. No mundo inteiro, a média foi de 6,58 milhões de doses por dia na última semana e um total de 279 milhões de vacinas aplicadas. Assim, os EUA são responsáveis por 31% das doses aplicadas diariamente em todo o mundo e 29,6% de todas as vacinas já administradas. E o país caminha para atingir com facilidade a meta do presidente Joe Biden para o seu começo de mandato. Fonte: G1

Rock in Rio é adiado para setembro de 2022

O Rock in Rio, um dos principais festivais de música do mundo, adiou sua próxima edição, marcada para setembro e outubro deste ano, para setembro de 2022. O adiamento foi provocado pela pandemia de covid-19. O Rock in Rio mobiliza pessoas dentro e fora da Cidade do Rock. São 28 mil pessoas trabalhando para levar festa paras 700 mil pessoas. A próxima edição do festival será realizada nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022. Fonte: Agência Brasil

Custo da cesta básica cai em 12 capitais brasileiras

O custo da cesta básica caiu em fevereiro em 12 das 17 capitais brasileiras analisadas na Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, feita mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Nas demais cinco capitais, o preço da cesta aumentou. As maiores reduções foram registradas em Campo Grande (-4,67%), Brasília (-3,72%), Belo Horizonte (-3,16%), Vitória (-2,46%) e Goiânia (-2,45%). Já a capital onde ocorreu a maior alta no mês foi João Pessoa (2,69%), seguida por Curitiba (2,33%), Natal (2,19%), Belém (1,11%) e Porto Alegre (1,03%). A cesta básica mais cara do país é a de Florianópolis, com custo médio de R$ 639,81. Fonte: Agência Brasil

Produção e apresentação: Rita de Cássia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui