Brasil se aproxima de 6 milhões de casos de dengue e 4 mil mortes provocadas pela doença

O Rio Grande do Sul tem 162,1 mil casos confirmados


0
Foto: Divulgação

O painel de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde contabiliza 5,96 milhões de casos prováveis de dengue e 3,91 mil mortes confirmadas pela doença desde o início deste ano. Há ainda 2,97 mil óbitos em investigação, conforme dados divulgados nesta terça-feira (18).

Neste momento, o coeficiente de incidência da dengue no Brasil é de 2,93 mil casos para cada 100 mil habitantes. Jovens com idade entre 20 e 29 anos seguem respondendo pela maior parte das ocorrências de dengue.

Em números absolutos, o Estado de São Paulo lidera o ranking (1,81 milhão de casos), seguido por Minas Gerais (1,6 milhão) e pelo Paraná (614,7 mil). Quando se leva em consideração o coeficiente de incidência, o Distrito Federal responde pelo maior índice, 9,54 mil casos para cada 100 mil habitantes. Em seguida, estão Minas Gerais (7,82 mil) e Paraná (5,37 mil).

O Rio Grande do Sul tem 162,1 mil casos confirmados de dengue e quase 19 mil em investigação neste ano. A doença já matou mais de 250 pessoas no Estado.

Chikungunya

O painel contabiliza ainda 220,8 mil casos prováveis de chikungunya, arbovirose também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Em 2024, a doença responde por 121 mortes confirmadas. Há ainda 139 óbitos em investigação. O coeficiente de incidência da chikungunya no Brasil, neste momento, é de 108,8 casos para cada 100 mil habitantes.

Zika

Em relação à zika, os dados do painel contabilizam 8,46 mil casos prováveis em 2024, sem mortes confirmadas ou em investigação pela doença. O coeficiente de incidência no Brasil, neste momento, é de 4,2 casos para cada 100 mil habitantes.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui