Brasil tem 126,6 mil mortes e 4,1 milhões de casos de Covid-19

Balanço da Saúde mostra recuperação de 3,3 milhões de pacientes. Confiras as informações do programa Correspondente Independente das 8h.


0
Foto: Fiocruz

A atualização mais recente do Ministério da Saúde, na noite deste domingo (6), elevou o número de mortes por Covid-19 para 126.650 no Brasil. Nas últimas 24 horas foram registrados 447 novos óbitos em razão da doença. Ontem, o painel do Ministério marcava 126.203 óbitos. Ainda há 2.475 falecimentos em investigação. Desde o início da pandemia, 4.137.521 pessoas foram infectadas com o novo coronavírus no Brasil. No sábado (5) e no domingo as secretarias de Saúde acrescentaram às estatísticas mais 14.521 pessoas diagnosticadas com a doença. Ainda de acordo com a atualização, 693.644 pessoas estão em acompanhamento e 3.317.227 pacientes já se recuperaram. A letalidade é de 3,1% e a mortalidade de 60,3. Já a incidência de casos no país subiu para 1.968,9 a cada 100 mil pessoas.
Fonte: Agência Brasil

FAO registra alta pelo terceiro mês consecutivo no preço dos alimentos

O preço da comida subiu 1,9% em agosto no mundo em relação ao mês anterior. A alta esteve 7% acima do valor registrado há um ano. A informação é da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). A agência da ONU lançou o Índice de Preços de Alimentos que atribui o aumento pelo terceiro mês consecutivo aos cereais, oleaginosas e ao açúcar. Em agosto, a variação média foi 96,1 pontos, em relação a 94,3 de julho. A medição mensal inclui as categorias de laticínios e carnes.
Fonte: ONU

Mapa definitivo do sistema de bandeiras será divulgado nesta segunda-feira

Deve ser anunciado na tarde desta segunda-feira (7) o mapa definitivo da 18ª rodada do Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul. A classificação preliminar, liberada pelo governo do Estado na última sexta-feira (4), colocou 12 regiões em bandeira vermelha – entre elas a região de Lajeado, no Vale do Taquari – e mais nove na bandeira laranja. O Vale tenta reverter a vermelha com recurso. Ao todo, o Piratini recebeu sete recursos, todos com tentativas de ir da vermelha para a laranja. Mesmo se seguir na vermelha, o comércio e os serviços dos 37 municípios do Vale do Taquari poderão seguir em funcionamento, por conta do sistema de cogestão. O que pode mudar é o calendário de retomada das aulas presenciais, já que o Estado pede duas semanas consecutivas em bandeira amarela ou laranja para liberar os colégios.

Fundef, de Lajeado, faz 4ª Feijoada em modelo drive-thru

Em função da pandemia, a tradicional feijoada da Fundação para Reabilitação das Deformidades Crânio-Faciais (Fundef), de Lajeado, vai ser no sistema drive-thru. O evento está programado para o dia 12 de setembro, no Centro Comunitário Evangélico, na Rua Carlos Von Koseritz, 88, no Centro. Os cartões custam entre R$ 30 e R$ 50. Os cartões estão disponíveis para venda com os funcionários e a diretoria da Fundef. Nesta edição dois voluntários vão preparar 300 quilos de feijoada, além dos acompanhamentos. A feijoada vem acompanhada de arroz, farofa, couve, laranja e uma lata de refrigerante. AI/NR

Índia ultrapassa o Brasil e se torna o segundo país com mais casos de coronavírus

A Índia ultrapassou o Brasil e se tornou o segundo país do mundo com mais casos de Covid-19, de acordo com dados do Ministério da Saúde indiano, em boletim divulgado nesta segunda-feira (7). O país chegou a 4,2 milhões de infecções pelo novo coronavírus, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, com cerca de 6,4 milhões de casos confirmados. O Brasil tem 4.137.521 infectados. O número de óbitos na Índia passa de 70,6 mil. O país é o terceiro com mais mortes, atrás de EUA (188,5 mil mortes) e Brasil (126 mil). Desde julho a Índia vive uma segunda onda da doença.
Fonte: G1

Sete de setembro sem desfile oficial em Brasília devido pandemia

Em substituição ao tradicional desfile do Dia da Independência, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa, na manhã desta segunda-feira (7), de um evento fechado no Palácio da Alvorada. O motivo é a pandemia da Covid-19. A versão enxuta da cerimônia deve ter o hasteamento da Bandeira Nacional e uma breve apresentação da Esquadrilha da Fumaça por cerca de dez minutos. À noite, Bolsonaro planeja um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão. Segundo publicação no Facebook de Bolsonaro, o pronunciamento foi gravado neste domingo (6). Para o evento desta manhã foram convidados os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, além de ministros de Estado.
Fonte: Uol

Famurs debate posição sobre a reforma tributária com as 27 associações regionais nesta terça-feira

A diretoria da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) debaterá nesta terça-feira (8), a partir das 9h, a posição da entidade sobre a reforma tributária, junto com as 27 associações regionais que compõem a Federação. O objetivo é construir uma posição sobre o projeto, com sugestões de melhorias, para tratar as principais reivindicações dos municípios junto ao governador Eduardo Leite (PSDB). Para a Famurs, a reforma é necessária, mas é preciso ajustar detalhes com o objetivo de atender às principais demandas das prefeituras, para que não fiquem desassistidas. A Famurs sugere que haja repartição dos recursos excedentes do fundo criado para a devolução do ICMS entre os municípios e o governo estadual. Atualmente, a proposta é de que os recursos fiquem apenas para o Estado.
Fonte: Famurs

Fim de semana com 117 casos de Covid-19 confirmados no Vale do Taquari

Mais 117 casos do novo coronavírus foram confirmados ao Vale do Taquari neste sábado (5) e domingo (6), pela Secretaria Estadual da Saúde. Dos 37 municípios da região, apenas Coqueiro Baixo não tem infecções. No sábado tiveram novos casos os municípios de Lajeado (31), Encantado (17), Estrela (dez), Tabaí (seis), Teutônia (seis), Arroio do Meio (quatro), Fazenda Vilanova (quatro), Anta Gorda (três), Muçum (três), Roca Sales (três), Arvorezinha (dois), Dois Lajeados (dois), Cruzeiro do Sul (dois), Progresso (dois), Relvado (um) e Capitão (um). Já no domingo apenas Teutônia registrou pacientes novos, com 20 ocorrências. O Vale do Taquari tem 7.465 testes positivos da Covid-19, sendo que 6.798 pessoas estão recuperadas (91%), 566 em tratamento (7,5%) e 101 faleceram (1,4). Os dados são contados a partir de 20 de março, quando foi confirmado o primeiro caso, até este domingo. NR

Um quarto dos brasileiros resiste à ideia de tomar vacina da Covid-19

Um quarto dos brasileiros resiste à ideia de tomar uma vacina contra a Covid-19, conforme pesquisa do Ibope divulgada neste domingo (6) pelo jornal O Estado de S.Paulo. Do total de entrevistados, 75% disseram que tomarão a vacina com certeza, enquanto 20% responderam que talvez tomem e 5% afirmaram que não tomarão de jeito nenhum. Entre as principais razões da recusa ou desconfiança, 53% dos que afirmaram não ter certeza se tomarão a vacina dizem não acreditar que ela seja segura e 36% dizem ter receio de se contaminar com o novo coronavírus. A pesquisa do Ibope para a ONG Avaaz ouviu mil pessoas nos dias 27 a 29 de agosto. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para cima e para baixo.
Fonte: Correio do Povo

Comício de Trump em lago no Texas termina com naufrágio de quatro barcos

Um comício no Lago Travis, no Texas, para promover a campanha de reeleição de Donald Trump à Casa Branca quase terminou com uma tragédia: quatro barcos de apoiadores do republicano afundaram, mas todos seus tripulantes foram resgatados, segundo o jornal “The New York Times”. Por volta do meio-dia, no horário local, começaram a ser reportados problemas nos barcos que acompanhavam o grupo. Não há informação oficial sobre o número de apoiadores de Trump resgatados, mas o serviço de segurança contabiliza mais uma dezena de pessoas salvas pelos bombeiros. Os motivos para o naufrágio não foram informados pela organização do evento.
Fonte: G1

Paysandu bate Remo outra vez e reconquista o Paraense após dois anos

O Paysandu recuperou a coroa de campeão paraense. Neste domingo (6), o time superou o Remo por 1 a 0, no Mangueirão, em Belém, e assegurou o 48º título estadual de sua história. A conquista interrompeu a sequência do rival, campeão nas edições de 2018 e 2019, e o impediu de igualar o time bicolor em número de taças.O primeiro jogo da final foi disputado na última quarta-feira (2), também no Mangueirão. A vitória por 2 a 1, de virada, deu ao Paysandu a vantagem de jogar por um empate. Até por isso, foi o Remo quem tomou a iniciativa neste domingo, mas, sem criatividade, dependeu de bolas alçadas na área. Agora, as equipes voltam a se concentrar na Série C do Campeonato Brasileiro.
Fonte: Agência Brasil

Produção e apresentação: Natalia Ribeiro
Próxima edição: hoje, ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui